Ayrton Senna versus Alan Prost no Grande Prémio Fórmula 1 do Japão (22Out89)

Quando acontecem os toques entre pilotos da mesma equipa ...

A história serve de verdade para aprender com os erros, e a propósito do toque entre António Félix da Costa e Alexander Sims na prova de Fórmula E do passado sábado em Marrocos, vem à lembrança uma história com 30 anos e com alguns contornos de semelhança, nesta recordação histórica do que aconteceu na equipa da Honda de Fórmula 1.

autonews.pt @ 15-1-2019 12:16:52

António Félix da Costa & Alexander Sims (2019)

António Félix da Costa & Alexander Sims (2019)

Decorria o Grande Prémio do Japão de Fórmula 1 e quando faltavam apenas duas provas para acabar o campeonato, o top de pilotos tinha em primeiro lugar Alan Prost seguido do seu grande rival Ayrton Senna, ambos na mesma equipa, a Honda. O despique entre os dois pilotos era constante.

Na volta 47 desta corrida de Fórmula 1 do Japão, Senna e Prost, ambos da equipa da Honda, tocam-se na chicane da pista de Suzuka. Alan Prost fica fora da corrida com o motor parado, mas Senna pede ajuda aos comissários de pista para seguir na prova, este empurram o carro que volta a pegar, atalha na chicane e regressa à corrida. 

Depois de retomar a corrida, Senna entra nas boxes, troca os ailerons frontais e volta à pista terminando a passar pela bandeira axadrezada em primeiro lugar à frente de Nannini , acabando por "vencer". 

Na verdade, Senna acaba por ser desclassificado nesta corrida num processo que levantou muita polémica (com argumentos entre “atalho na chicane” e motor parado que pegou de “empurrão” graças à colaboração dos comissários de pista) e perdeu o campeonato.

Alan Prost viria a ser o vencedor deste campeonato de Fórmula 1 de 1989.

Se quiser perceber quem toca em quem, nada melhor do que ver os dois vídeos que disponibilizamos abaixo (Fórmula 1 e Fórmula E).

Entretanto, dentro da BMW, que já provou que tem neste momento um dos melhores carros desta season da Fórmula E (com a DS, Audi/Virgin e Mahindra muito atentas), a questão da “híper competividade” entre António Félix da Costa e Alexander Sims já  se encontra sanada de acordo com as palavras de reação dos diretores desportivos BMW Morosport e dos seus pilotos na Fórmula E (aqui reproduzidas).

autonews.pt @ 15-1-2019 12:16:52

Galeria de videos