Renault revela Scénic Vision

O novo concept é um híbrido eléctrico e de hidrogénio

Através da sua finalidade, da sua estratégia de sustentabilidade e do lançamento do plano estratégico Renaulution, o Grupo Renault e as suas marcas iniciaram uma grande transformação, passando de uma corrida pelo volume para a criação de valor económico, ambiental e social, com o objetivo de se tornarem neutras em carbono na Europa até 2040 e em todo o mundo até 2050. 

autonews.pt @ 19-5-2022 16:14:38

Para ajudar a atingir estes objectivos, a Renault apresentou a estreia mundial do seu novo concept-car Scénic Vision na cimeira ChangeNOW em Paris. Este conceito corporiza o compromisso da Renault com o desenvolvimento sustentável e reflete o plano da marca para descarbonizar todo o seu ciclo de vida.

Único, singular, plural: um concept-car pioneiro

A Renault está a escrever um novo capítulo na sua história com um concept-car inovador, ao mesmo tempo pioneiro e visionário. Do exterior, ele prefigura o futuro veículo familiar 100% eléctrico da gama Renault. Por dentro e tecnologicamente, convida-o a viajar para outro tempo, para um futuro onde as tecnologias e inovações servirão um mundo mais sustentável e amigo do ambiente.

"Todos os nossos compromissos empresariais não são suficientes se não os levarmos até aos nossos veículos.  Foi por isso que pedi às equipas Renault que apresentassem o 1º concept-car que encarna plenamente a nossa nova estratégia ESG e os seus 3 pilares: ambiente, segurança, e inclusão. Chamámos-lhe Scénic Vision. Scénic, como o nosso icónico "voiture à vivre", e Vision porque se adapta às novas expectativas das pessoas", disse Luca de Meo, CEO do Grupo Renault e marca Renault.

Scénic Vision estabelece um novo caminho para uma mobilidade mais sustentável, segura e inclusiva. Visionária e exploratória, encarna as mais avançadas perspectivas tecnológicas de descarbonização e encarna os três pilares da estratégia de desenvolvimento sustentável do Grupo Renault: ambiente, segurança e inclusão.

As inovações de concepção ecológica e de economia circular, incorporando mais de 70% de materiais reciclados, incluindo vários circuitos fechados, e 95% recicláveis, contribuem directamente para a conservação dos recursos.


Híbrido entre o elétrico e o hidrogénio

O seu grupo híbrido eléctrico e de hidrogénio, visa reduzir os tempos de paragem relacionados com a recarga de energia, ao mesmo tempo que reduz a pegada de carbono, incluindo a bateria. Renault Scénic Vision é zero emissões na produção e na utilização com uma pegada de carbono 75% menor do que a de um veículo eléctrico a bateria convencional.

As tecnologias a bordo oferecem maior segurança para condutores e passageiros, reduzindo o número de acidentes em até 70%. A concepção deste concept-car reflecte também o desejo das equipas de criar um automóvel único, acessível e adequado a todos.

Um design que abre o caminho a novas perspectivas

Scénic Vision concept-car é uma verdadeira encarnação da "Nouvelle Vague" da Renault e o resultado de um exercício de design minucioso e de escolhas estéticas arrojadas. O seu design prefigura diferentes horizontes temporais para a gama de veículos Renault. O exterior revela as formas e o estilo de um novo modelo familiar que será comercializado em 2024. O seu design interior é um estudo prospectivo dos futuros interiores da Renault.

O seu motor eléctrico de hidreto e hidrogénio, reflecte o desejo da Renault de encontrar soluções para todos os tipos de utilização e faz parte de uma visão a longo prazo, para além de 2030. Esta concepção abre o caminho a novas perspectivas, a de um mundo em que automóveis e pessoas convergem para os mesmos valores.

Jean-Michel Jarre é um compositor, intérprete e produtor discográfico francês. Vindo do mundo da investigação electro-acústica, ele deu à música electrónica uma dimensão popular.  Jean-Michel Jarre é um artista e também um engenheiro, tem ligado constantemente tecnologia e criação. Isto está muito próximo de como a Renault sempre viu a inovação.

A colaboração com Jean-Michel Jarre começou nos primeiros dias da elaboração do Scénic Vision, precisamente sobre a acústica e o processamento de sinais. O artista juntou-se à equipa de design para moldar a assinatura sonora do concept-car, seguindo a ideia de "cuidar dos recursos" com uma abordagem "menos é mais" com apenas 1 altifalante em cada porta e o sistema de bolha sonora em cada encosto de cabeça.

Scénic Vision marca o início de uma estreita colaboração com Jean-Michel Jarre. O artista será um embaixador da marca Renault, trabalhando com as equipas em soluções futuras a serem incluídas na linha de produtos.


Concepção ecológica e pequenos “loops”

O veículo está pensado de base a pensar na sustentabilidade desde a escolha de materiais até à reciclagem:

- 70% dos materiais utilizados no veículo são reciclados e mais de 95% do veículo é reciclável, incluindo a bateria.

- O piso do veículo foi composto por sucata plástica aglomerada de outras fontes (garrafas de leite, tubos de plástico, etc.). Em todo o veículo, 30% do plástico é de origem biológica. Os acessórios do veículo são feitos de carbono reciclado da indústria aeronáutica.

- Os loops curtos estão a ser utilizados em materiais estratégicos tais como platina, cobre, alumínio e aço, bem como os minerais da bateria.

- Os pneus são fornecidos por um fabricante membro da GNSPR, comprometido com a responsabilidade ambiental e de direitos humanos.

- O couro é abandonado e substituído por 100% de poliéster de baixo carbono reciclado.

- O tanque da célula de combustível é feito de fibra de carbono a partir de resíduos de papel reciclado.

Melhor qualidade do ar

No interior: Colocado na porta do condutor, um filtro de ar melhora a qualidade do ar no interior do veículo através da filtragem do ar exterior.

No exterior: Os pigmentos negros na tinta são derivados do processamento de partículas capturadas na atmosfera;. uma tinta sem pigmento sintético, o que contribui para a melhoria da qualidade do ar.

Cuidados com o clima

O melhor da electricidade e do hidrogénio:

Os princípios da Tecnologia H2-Tech: um veículo híbrido, tanto eléctrico como a hidrogénio, equipado com uma célula de combustível de 16kW. A tecnologia H2-Tech baseia-se na tecnologia "extensor de alcance", que permite transportar uma bateria duas vezes mais leve, para o mesmo alcance, contribuindo assim para a descarbonização para além da eletrificação do veículo. Embora esta solução seja uma visão para um automóvel de passageiros, o Grupo Renault através da Hyvia (joint venture com a Plug Power) já oferece soluções H2 em VCL.

Em 2030 e depois, quando a rede de estações de hidrogénio for suficientemente grande, será possível conduzir até 800 km - ou, por exemplo, 750 km de Paris a Marselha - sem parar para carregar a bateria. Só terá de parar durante 5 minutos ou menos para encher o depósito de hidrogénio.

No seguimento das parcerias já estabelecidas, este veículo tem uma pegada de carbono 75% menor do que a de um veículo eléctrico como o Megane E-Tech eléctrico. A sua bateria é até 60% menos intensiva em carbono do que uma bateria equivalente, graças à utilização de loops curtos e à obtenção de minerais com baixo teor de carbono, e à utilização de energia com baixo teor de carbono para montar e produzir a bateria.

Cuidados com as pessoas

Segurança - Total transparência e visibilidade

Um sistema de câmara integrado na parte frontal do veículo aumenta o campo de visão do condutor em 24% através da retransmissão do ambiente imediato num ecrã posicionado no painel de instrumentos. O pára-brisas é assim aumentado a 180° para uma visibilidade total e tranquilizadora, o capot parece transparente.

Nova geração de segurança e saúde ligada: Treinador de segurança

Uma interface de avaliação de risco ajuda a antecipar situações de stress de última hora. Compensa a possível falta de atenção do condutor e dá conselhos personalizados para melhorar continuamente os hábitos de condução. Esta interface também fornece conselhos de saúde personalizados ao condutor através da análise dos dados recolhidos pelas câmaras e sensores ligados colocados dentro da cabina (ritmo cardíaco, fadiga, etc.).

Inclusividade

Um veículo que se adapta ao seu utilizador

Um sistema de reconhecimento facial permite abrir a porta e ajustar as configurações do veículo de acordo com o perfil do condutor. Este sistema oferece também a possibilidade de adaptar as condições de condução a uma possível desvantagem.

Espaço sonoro ultrapersonalizado e inclusivo

Cada assento está equipado com microfones e altifalantes para proporcionar o seu próprio ambiente áudio (rádio, alta-fidelidade, condução assistida por voz), mantendo ao mesmo tempo uma comunicação ótima a bordo. A retransmissão da voz dos passageiros e do condutor, e se necessário a amplificação da sua voz, facilita a comunicação entre os ocupantes do veículo, em particular se um utilizador com deficiência auditiva estiver a bordo.

A ausência de um pilar entre as portas e um piso plano facilita o acesso das pessoas com mobilidade reduzida.

autonews.pt @ 19-5-2022 16:14:38

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades