DHL e Fórmula 1® renovam parceria

Antes do início da nova temporada que vai ter 23 circuitos

Com o Campeonato do Mundo da Fórmula 1 da FIATM prestes a começar, a DHL e a Fórmula 1® orgulham-se de anunciar a extensão da sua parceria global, que já dura há várias décadas. Desta forma, a DHL continua a ser o Parceiro Oficial de Logística da Fórmula 1® para os próximos anos e continuará a ser responsável por transportar a competição de classe mundial para toda a parte do mundo. 

autonews.pt @ 24-3-2021 18:47:02

Em 2021, o calendário da Fórmula 1® conta com 23 circuitos, o maior número da história da competição, e a DHL irá transportar os carros de corrida, combustível e óleo, material das equipas e tecnologia de transmissão. A DHL tem sido o parceiro oficial de logística desde 2004, tendo garantido com sucesso o transporte em todos os Grandes Prémios do Mundo.

“Estamos orgulhosos por prolongar esta parceria única para os anos que se seguem”, diz Arjan Sissing, Global Head of Brand Marketing da DHL. “A Fórmula 1 oferece velocidade, precisão e tecnologia aos seus fãs há mais de 1000 corridas e é a DHL quem transporta a Fórmula 1 pelo mundo. Há mais de quatro décadas que os nossos valores em comum, se conectaram e, desde então, temos vencido qualquer competição logística ao redor do mundo, antes dos primeiros pneus tocarem na pista. Estamos prontos para defender o nosso título em todas as corridas que se seguem”.


O volume de transporte de mais de 1.400 toneladas tem de ser transportado no menor tempo possível e com a maior segurança. É por esta razão que a DHL possui uma equipa de especialistas em logística de automobilismo que trabalha em estreita colaboração com a direção da Fórmula 1® e com as equipas de corrida. Tal como dentro da pista, tudo se resume a velocidade, precisão e tecnologia de ponta.

Stefano Domenicali, Presidente e CEO da Fórmula 1®, comenta: “A DHL é nosso parceiro global mais antigo e estamos muito satisfeitos por prolongar esta ligação que demonstra o nosso relacionamento forte e colaborativo. Nos últimos 16 anos fizemos entregas, juntos, dentro e fora da pista. Estamos orgulhosos por poder continuar a trabalhar com a líder global em serviços de logística e encontramo-nos de olhos postos naquela que será a maior temporada de sempre da Fórmula 1”.

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA™ inicia-se a 28 de março, com o Grande Prémio do Bahrain e termina a 12 de dezembro com o Grande Prémio de Abu Dhabi. O calendário de 2021 conta com 23 corridas em cinco continentes e, por isso, será o mais emocionante de sempre. Este ano, os pilotos, as equipas de competição e a equipa de logística da DHL enfrentam um desafio especial, os três “triple headers” – três corridas que são disputadas em três fins de semana consecutivos.

No primeiro “triple header”, a ação começa na Europa. O Grande Prémio da Bélgica, a 29 de agosto, será seguido do Grande Prémio da Holanda, a 5 de setembro. Uma semana mais tarde, surge o Grande Prémio de Itália, em Monza, dia 12 de setembro.

O segundo “triple header” é logisticamente ainda mais desafiante devido às grandes distâncias a percorrer. Uma semana depois do Grande Prémio da Rússia, em Sochi a 26 de setembro, é preciso ir para o circuito de Singapura, que acontece a 3 de outubro. Depois, a 10 de outubro, a Fórmula 1 viajará para Suzuka no Japão.

Também há uma longa distância a percorrer no terceiro e último “triple header”. A primeira paragem é no Grande Prémio dos Estados Unidos, a 24 de outubro. Seguidamente, a competição segue na Cidade do México, a 31 de outubro. O último “triple header” termina a 7 de novembro, no Brasil, em São Paulo.

Para os especialistas em logística, o trabalho torna-se especialmente difícil quando as peças precisam de ser transportadas por avião, durante um período de três semanas para realizarem testes em laboratórios especiais localizados em todo o mundo, por exemplo.

Os novos eventos como o Grande Prémio da Holanda, em Zandvoort, que está de volta ao calendário da Fórmula 1, e o Grande Prémio da Arábia Saudita, que este ano será disputado num novo circuito em Jeddah, também desafiam os especialistas em logística. Para integrar estes novos circuitos é preciso analisar com atenção as rotas e garantir que, apesar do ambiente desconhecido, as coisas correm bem. Para Paul Fowler, são desafios como estes que tornam o automobilismo tão fascinante: “Nos bastidores, fazemos de tudo para garantir que as equipas e pilotos se apresentam no seu melhor, para que os fãs de corridas possam assistir o desporto que tanto adoram”.

Com a extensão da parceria, a DHL irá novamente oferecer dois prémios: o DHL Volta Mais Rápida e o DHL  Pit Stop Mais Rápido. Este ano os prémios serão entregues aos vencedores em Abu Dhabi, no último dia da temporada.

autonews.pt @ 24-3-2021 18:47:02


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT