Dobradinha Toyota Yaris WRC no Rali de Monte Carlo

Oitava vitória de Ogier no Mónaco

Sébastien Ogier e o seu co-piloto Julien Ingrassia venceram o mítico Rali de Monte Carlo pela oitava vez, sendo mais rápidos que os companheiros de equipa Elfyn Evans e Scott Martin e alcançando uma fantástica dobradinha para a TOYOTA GAZOO Racing no início da época de 2021. Kalle Rovanperä e Jonne Halttunen, que estiveram próximos do pódio, terminaram em quarto lugar, num fim de semana memorável para a equipa agora liderada por Jari-Matti Latvala.

autonews.pt @ 26-1-2021 18:34:28

A vitória no Mónaco é também a 50ª de Ogier e Ingrassia no Campeonato Mundial de Ralis da FIA, sendo apenas as segunda dupla a chegar a este marco histórico no ralis.

Apesar de ter subido ao pódio todos os anos desde a sua estreia em 2017, esta é a primeira vez que a Toyota vence o evento de maior prestígio do WRC com o Toyota Yaris WRC. É a quarta vitória da Toyota no Rali de Monte Carlo, obtida no dia do 30º aniversário de sua primeira vitória em 1991.

O Rali de Monte Carlo fez jus à sua reputação de evento mais exigente do calendário mundial, com desafios especiais para a edição deste ano. Um cronograma modificado para cumprir com as restrições devido ao coronavírus em França significou que algumas especiais ocorreram antes de amanhecer, com muito gelo e neve.

As equipas do WRC também tiveram que se familiarizar com os pneus do novo fornecedor exclusivo - a Pirelli, num evento onde a escolha de pneus é sempre crítica para o resultado. A Toyota liderou a prova desde sua terceira especial na manhã de sexta-feira, com Rovanperä, Ogier e Evans a revezarem-se na liderança naquele que foi o dia mais longo do rali. O experiente Ogier reclamou novamente a liderança na primeira especial de sábado e nunca mais largou a primeira posição.

Resumo da Prova

A TOYOTA GAZOO Racing arrancou com toda a velocidade para o seu quinto ano no mundial de ralis. Excecionalmente, este ano, não houve o habitual shakedown antes do início da prova monegasca, o que significou que os pilotos foram logo para as duas primeiras especiais competitivas (SS1 e 2) na tarde de quinta-feira. Estas, foram realizadas em condições mistas típicas do Rali de Monte Carlo, com estradas de alcatrão molhadas e seções geladas.

No final do primeiro dia, dois pilotos da TOYOTA GAZOO Racing estavam entre os três primeiros, Kalle Rovanperä arrancou bem para o início da sua segunda época ao mais alto nível do rali mundial, acabando o primeiro dia em segundo da geral, com os companheiros de equipa Elfyn Evans em terceiro e o francês Sébastien Ogier em quinto.

O segundo dia começou com 2 especiais ainda antes de amanhecer. As primeiras especiais de sexta-feira foram particularmente complicadas, tendo que atacar zonas de gelo e neve na escuridão. Sébastien Ogier foi o mais rápido em SS3 à frente de Elfyn Evans, com o terceiro lugar de Rovanperä a permitir que o jovem finlandês assumisse a liderança do rali. A “jogar em casa”, Ogier foi o mais rápido novamente em SS4 assumindo a liderança da prova e voltou a ser o mais rápido em SS5, terminando a manhã com uma margem de 11,3 segundos sobre Evans. À tarde chuva forte alterou as condições da estrada e Ogier atrasou-se em SS6 devido a um pneu furado. Evans, por outro lado, venceu a especial e assumiu a liderança. Ogier respondeu de forma brilhante em SS7 com nova vitória na especial e recuperou o segundo lugar. Rovanperä caiu para quinto depois de uma saída de estrada em SS6, mas conseguiu o quarto lugar em SS7. Conclusão, ao final do segundo, e mais longo dia do rali, Elfyn Evans estava na liderança com um avanço de 7.4 segundos sobre Sébastien Ogier, enquanto Kalle Rovanperä estava em 4º da geral.


O terceiro dia de prova viu um Ogier demolidor na escuridão, estabelecendo o tempo mais rápido em 17,8 segundos sobre o colega Evans, logo na primeira especial do dia, o que lhe permitiu recuperar a liderança. Na especial seguinte, apesar da posição desfavorável de largada na estrada, com a superfície coberta de neve a ser polida por cada carro que passava, ambos os pilotos em Yaris WRC permaneceram na frente.

Evans venceu a etapa final do dia, SS11, com uma diferença de 1,3 segundos para Ogier, reduzindo a diferença para 13 segundos. Rovanperä subiu ao terceiro lugar na primeira etapa da manhã e reforçou essa posição com o terceiro melhor tempo em SS11, aumentando para 7 segundos a sua margem para o quatro classificado. Sábado, terminou então com os 3 Yaris WRC a ocuparem as 3 primeiras posições.

No domingo, Ogier venceu três das quatro especiais - incluindo a Power Stage, que encerrou o rali – e mostrando que irá dar tudo para defender o seu título em 2021. Evans manteve a segunda posição, enquanto Rovanperä teve um furo na primeira especial de domingo, que lhe roubou o último lugar do pódio, mesmo assim, terminou com o segundo tempo mais rápido na Power Stage.

Com Evans a ser o terceiro mais rápido, a Toyota conquistou as três primeiras posições na Power Stage, que a partir desta temporada também dá pontos extra para o campeonato de fabricantes. O resultado da Power Stage, combinado com a dobradinha na prova, significa que a equipa obtém o máximo de pontos na ronda de abertura do WRC - um início de sonho para o novo chefe de equipa Jari-Matti Latvala, que procura construir sobre o sucesso do seu antecessor Tommi Mäkinen.

O piloto do Programa da TOYOTA GAZOO Racing WRC Challenge, Takamoto Katsuta, completou o Rali Monte Carlo pelo segundo ano consecutivo e alcançou o seu melhor resultado de sempre no WRC ao terminar em sexto lugar da geral.

Classificação final do Rali de Monte Carlo:

1 Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC) 2h56m33.7s

2 Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC) +32.6s

3 Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 Coupe WRC) +1m13.5s

4 Kalle Rovanperä/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC) +2m33.6s

5 Dani Sordo/Carlos del Barrio (Hyundai i20 Coupe WRC) +3m14.2s

6 Takamoto Katsuta/Dan Barritt (Toyota Yaris WRC) +7m01.3s

7 Andreas Mikkelsen/Ola Fløene (Škoda Fabia Rally2 evo) +7m23.6s

8 Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC) +8m21.1s

9 Adrien Fourmaux/Renaud Jamoul (Ford Fiesta Rally2) +9m15.8s

10 Eric Camilli/François-Xavier Buresi (Citroën C3 Rally2) +10m41.0s


autonews.pt @ 26-1-2021 18:34:28


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT