Fórmula E: Nos testes de Valência ficaram 21 carros separados por 1 segundo

Guenther da BMW foi o rei dos testes

Max Guenther, da BMW i Andretti Motorsport, obteve os tempos mais rápidos nos testes de pré-temporada, colocando-se no primeiro lugar do que parece ser o campeonato de Fórmula E da ABB FIA mais competitivo até hoje: 21 carros separados por menos de 1 segundo.

autonews.pt @ 22-10-2019 17:36:26

Apesar de ter apenas um ano de experiência no Campeonato de Fórmula E ABB FIA Formula E, Max Guenther piloto da BMW i Andretti Motorsport, deu a volta mais rápida dos testes de pré-temporada 2019/20 com um tempo de 1: 15.087.

O novo “recruta” da BMW manteve o seu lugar no topo da classificação ao longo dos três dias, terminando consistentemente entre os sete primeiros. Atrás dele, ficou Pascal Wehrlein, da Mahindra Racing, com uma volta de 1: 15.190 e atrás dele, Nico Mueller, da Geox Dragon, com uma volta de 1: 15.198. António Félix da Costa ao volante de um DS Techeetah obteve a quarta posição com 1:15:293 seguido de Mitch Evans da Panasonic Jaguar Racing com 1:15:306 na média global de tempos das seis sessões.

O desempenho de Guenther ocorre um ano depois da performance da BMW que havia dominado os testes com António Félix da Costa e Alex Sims ao volante. Na quinta época, 2018/19, apesar deste forte início, a marca perdeu a liderança após a segunda corrida.


O atual campeão Jean-Eric Vergne, o piloto da DS Techeetah conseguiu o seu melhor resultado em terceiro lugar na primeira sessão de testes na segunda-feira. O bicampeão afirma que não tem nada a provar, mas ainda deseja aproveitar sua impressionante carreira na Fórmula E para garantir um terceiro título.

O novo par de TAG Heuer Porsche, Andre Lotterer e Neel Jani, não conseguiu chegar aos dez primeiros tempos mais rápidos, com Lotterer a garantir o melhor resultado de 11º na tarde do segundo dia de testes. A abordagem humilde da equipe em relação à Fórmula E, com sua campanha 'começar do zero' combinada com os resultados dos testes, sugerem que há um longo caminho pela frente para a marca alemã, à medida que enfrenta o novo desafio.

Uma ausência notável da metade superior da tabela foi a do novato da Mercedes-Benz EQ Nyck de Vires, que permaneceu mais abaixo na classificação durante os três dias de testes. Recém chegado do campeonato de Fórmula 2, De Vires enfrentou problemas técnicos no início dos testes, antes de colidir com as proteções no segundo dia.

Para seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne, o piloto belga subiu ainda mais no ranking que seu companheiro de equipe, mas ainda não conseguiu entrar entre os dez primeiros em nenhum dos três dias de testes. Com um ano de aprendizado obtido com a equipe satélite da Mercedes, a HWA Racelab, o tempo dirá se a equipe de EQ da Mercedes-Benz entrará em campo como um concorrente competitivo.

Depois de três dias de testes na pista, os carros e pilotos vão enfrentar o primeiro na abertura da temporada na Arábia Saudita, em 22 de novembro.


autonews.pt @ 22-10-2019 17:36:26

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: FORMULA-E - Campeonato Mundial de Automóveis Elétricos