Evans da Panasonic Jaguar canta vitória em Roma, Lotterer da DS em segundo

António Félix da Costa em 9º lugar

André Lotterer da DS Techeetah em segundo e Stoffel Vandoorne da HWA Racelab a conseguir a primeira presença no pódio para si e para a sua equipa no ABB FIA Formula E Championship.   António Félix da Costa em 9º lugar amealhou 2 pontos, estando agora em segundo lugar no campeonato com 64 pontos no total das 7 corridas.

autonews.pt @ 15-4-2019 17:12:21

Lotterer, com a Pole Position, arrancou em primeiro, seguido de perto por Mitch Evans da Panasonic Jaguar Racing em segundo e José María López da Geox Dragon em terceiro. Com todos os carros a descer a colina, o companheiro de equipa de López, Max Gunther, despistou-se na curva oito, tocou na parede e projetou o seu splitter dianteiro a voar pela pista.

Pouco depois, o seu companheiro de equipa López bateu em Sam Bird da Envision Virgin Racing, atirando-o contra a parede e obrigando-o a ir vagarosamente até à via das boxes. Após o incidente de López com Bird, o piloto argentino da Geox não conseguiu fazer a chicana e bateu contra a parede no vértice da curva 19. Sem fuga possível, Gary Paffett da HWA Racelab colidiu com López e depois vê Jean-Éric Vergne da DS Techeetah bater-lhe na traseira, acabando ali a corrida para o britânico. 

Com a bandeira vermelha à vista, a corrida foi suspensa para a recuperação dos carros da pista e o relógio parou temporariamente quando ainda faltavam 42 minutos para o fim. Assim que a corrida recomeçou, Lotterer afastou-se, Evans segui-o em segundo e Vandoorne da HWA perseguiu-os em terceiro.

Com a Zona de Ativação do MODO DE ATAQUE aberta (passando por dentro na curva 7), António Félix da Costa foi o primeiro piloto a ativá-lo, poucos segundos depois de voltar à pista.

A batalha na frente continuava, com Lotterer à frente de Evans a 25 minutos do fim. Após a corrida desastrosa de Evans na última temporada, onde o piloto Kiwi ficou sem energia após liderar a corrida, Evans fez questão de provar o seu ritmo e o seu potencial aqui em Roma.  

Para o herói da corrida que praticamente corria em casa, o brasileiro Felipe Massa, a corrida terminou quando faltavam 23 minutos para o final após uma falha técnica. Com o seu carro imobilizado na pista, seguiu-se um período de bandeira amarela para a recuperação do carro da Venturi. 

A 16 minutos do fim e com o MODO DE ATAQUE ativo, Evans usou a potência adicional e atacou a liderança na curva 11, passando o alemão e deixando-o em segundo à frente de Vandoorne. 

Lotterer, desejoso de recuperar a liderança e conquistar a sua primeira vitória no campeonato, perseguiu Evans e utilizou o seu último MODO DE ATAQUE para tentar ultrapassar o piloto Kiwi. Evans conseguiu evitar a ultrapassagem e continuou a lutar na frente com a sua energia em declínio rápido.

Com a memória da desastrosa corrida de Roma da temporada passada ainda fresca na sua mente, Evans apostou tudo até à meta, ansioso por reclamar a primeira vitória de sempre na Formula E tanto para si como para a Jaguar.

Evans conquistou a vitória passando a meta com apenas dois por cento de carga de bateria, com Lotterer em segundo e Stoffel Vandoorne da HWA a conquistar a primeira presença no pódio para si e para a sua equipa. 

O Campeonato ABB FIA de Fórmula E agora vai para Paris para a segunda das corridas europeias no dia 27 de abril.


autonews.pt @ 15-4-2019 17:12:21