‘QR Code’ em vez de letras

Opel digitaliza designações dos seus modelos

Há quem defenda que a escrita faz parte do passado. A Opel, fabricante alemão de automóveis, está a elevar a digitalização da sua gama de produtos a um patamar acima. As denominações, designações dos motores e emblemas dos futuros modelos da Opel vão ser substituídos por códigos iQR. 

autonews.pt @ 6-4-2021 17:16:54

Enquanto os sistemas de infoentretenimento de todos os modelos, desde o Corsa ao Zafira Life, já permitem uma conexão fluída dos condutores e passageiros ao mundo digital, agora essa ligação vai estender-se e passar a ser também mais fácil para os outros utilizadores da via, inclusivamente para os peões, permitindo-lhes comunicar com os ocupantes dos veículos.

A Opel redefiniu a sua visão do processo, desenvolvendo ainda mais a tecnologia dos ‘QR Codes’ para a presente realidade, atribuindo, igualmente, uma nova denominação ao seu laboratório de ‘design’. As configurações de códigos iQR de Rüsselsheim trazem a esfera virtual para o mundo real.

Podem adotar qualquer formato, tal como o logótipo do lendário Manta, o qual pode ser visto na sua forma digital mais bela no recém-anunciado Opel Manta GSe ElektroMOD. Neste caso, o Manta serviu de base ao trabalho-piloto dos ‘designers” gráficos da Opel e dos programadores informáticos, que transformaram o tradicional logótipo em forma de relâmpago num ‘design’ de código iQR.

“Escrever o código para o logótipo do Manta GSe ElektroMOD foi uma experiência única. Remodelar a forma quadrada convencional dos ‘QR Codes’ para a forma de um relâmpago, preservando, ao mesmo tempo, o movimento natural de uma manta a nadar numa animação digital, foi o que eu chamo de um verdadeiro desafio. Termos conseguido atingir esta visão futurística é absolutamente sensacional”, disse Hara Masahiro Junior II, Diretor de Design Gráfico de Códigos iQR da Opel e descendente do famoso inventor do primeiro ‘QR Code’.

No futuro, a marca vai criar um ‘design’ único de códigos iQR para cada novo modelo da sua gama. A próxima geração do Astra, a ser apresentada no final deste ano, vai dar inicio ao processo e em grande: o espaço sideral vai estar um passo mais próximo quando a bela carroçaria brilhante se vir transformada num radiante ‘design’ de código iQR.

Comunicação criativa: ‘design’ de códigos iQR une as pessoas

A revolucionária tecnologia da Opel abre novas possibilidades de comunicação, mais acessíveis e mais humanizadas. Os restantes utilizadores da via podem simplesmente ler o código nos modelos da Opel recorrendo aos seus ‘smartphones’ e contactar o condutor diretamente. Assim, mensagens de texto, de voz e visuais irão passar a ser transmitidas sem esforço para o sistema de infoentretenimento do veículo, por exemplo, numa situação em que se pretende dar passagem à outra pessoa, ou veículo, ou quando quiser simplesmente dizer-lhe que o seu Opel tem um estilo incrível na versão de código iQR.

Mas este inovador ‘design’ de códigos iQR pode fazer muito mais, podendo, inclusivamente, tornar-se numa ferramenta multifuncional virtual, que poderá ser utilizada na realização de todos os processos inerentes à utilização de um automóvel.

Por exemplo, informações de pagamento podem ser armazenadas no código iQR, o que permitirá a uma oficina de reparação autorizada, simplesmente, ler o código para poder fazer o débito do valor das reparações do veículo diretamente na conta bancária do proprietário do veículo, processo que até pode realizar-se com criptomoedas, como ‘bitcoins’. Incrível!

Com o ‘design’ de códigos iQR aplicado aos novos modelos, a Opel continua a fazer avançar a sua ofensiva digital. O fabricante está convicto de que a transparência da comunicação entre os vários utilizadores da via vai permitir novas e criativas formas de interação. Os códigos iQR da Opel trazem, consigo, um nível totalmente novo de conetividade e harmonia para o quotidiano do tráfego nas estradas.

Como tal, chega ao fim o ciclo da história dos ‘QR Codes’, código ‘Quick Response’ que iniciou o seu caminho para a fama no Japão, país onde foi utilizado pela primeira vez para identificar peças e componentes, na complexa logística da produção automóvel. A Opel demonstra, de uma forma impressionante, o potencial ainda inerente à tecnologia.

Em vez de guardar apenas 7.089 dígitos ou 4.296 símbolos, o código desenvolvido pela Opel altera-se e varia na sua forma, tal como no Opel Manta GSe ElektroMOD, mostrando-se absolutamente visionário e inimaginável até à data.

autonews.pt @ 6-4-2021 17:16:54


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades