Vendas SEAT aumentam 10,9% em 2019 confirmando o melhor ano de sempre

Recorde também em Portugal com +1 7,7% de vendas

Um novo ano de recordes. Pelo segundo exercício consecutivo, as vendas da SEAT alcançaram o maior volume da sua história. Em 2019, as entregas da empresa cresceram 10,9% para um total de 574.100 veículos. Com este resultado, a SEAT supera amplamente o recorde registado em 2018 (517.600 automóveis) e completa o seu terceiro ano consecutivo com um crescimento a dois dígitos. 

autonews.pt @ 10-1-2020 16:02:23

Em dezembro, as vendas da SEAT subiram 23,4% face ao mês homólogo de 2018, chegando a um total de 31.300 veículos entregues (2018: 25.300).

A introdução dos modelos SUV foi a chave para o crescimento nos últimos três anos. Em 2019, 44,4% dos veículos comercializados pela SEAT foram o Arona, o Ateca e o Tarraco, dez pontos percentuais acima de 2018.

O Arona liderou as vendas dos SUV da SEAT com 123.700 unidades entregues, mais 25% do que em 2018. Por outro lado, a SEAT vendeu 98.500 unidades do Ateca, mais 25,9% em relação ao ano anterior e o melhor resultado desde o seu lançamento em 2016, e 32.600 unidades do Tarraco, um modelo que chegou ao mercado em 2019.

O Leon, um modelo chave para o crescimento das vendas da SEAT desde 2012, continua a ser, às portas da renovação, o modelo mais vendido, com 151.900 unidades entregues (-4,1%). O Ibiza mantém-se como o segundo modelo mais vendido da SEAT, com 125.300 automóveis (-8%), enquanto o Alhambra e o Mii também crescem: mais 6,3% para o monovolume (23.700 unidades) e mais 0,7% para o citadino da SEAT (13.200), agora à venda na versão 100% elétrica.

No seu segundo ano desde o lançamento da marca, as vendas da CUPRA dispararam 71,4% com o impulso do CUPRA Ateca. Em 2019, a CUPRA entregou 24.700 automóveis (2018: 14.400): 14.300 unidades do Leon CUPRA (2018: 13.300; +7,9%) e 10.400 do CUPRA Ateca (2018: 1.100).

O vice-presidente de Vendas e Marketing da SEAT e CEO da CUPRA, Wayne Griffiths, destacou que “este novo recorde de vendas sublinha o êxito da estratégia que lançámos em 2016 com a ofensiva SUV. Pelo terceiro ano consecutivo, as nossas entregas cresceram a dois dígitos e somos uma das marcas com maior crescimento na Europa. Além disso, o aumento das vendas dos SUV permitiu melhorar a rentabilidade da empresa e da rede de concessionários”.

Resultados históricos nos mercados principais

O recorde de vendas assentou num forte crescimento na maioria dos mercados mais relevantes para a empresa. A SEAT alcançou o maior volume de vendas de sempre em mercados como, entre outros, a Alemanha, Reino Unido, Áustria, Suíça, Polónia, Israel, Suécia e Dinamarca. Na Alemanha, a empresa registou, pelo terceiro ano consecutivo, um novo recorde com 132.500 veículos vendidos (+16,1%). No Reino Unido cresceu 9,5% para um total de 68.800 veículos comercializados. A SEAT também fixou o seu melhor resultado histórico na Áustria (19.900; +7,9%), assumindo-se como a terceira marca mais vendida, Suíça (12.800; +19,6%), Polónia (12.700; +6,6%), Israel (9.200; +2,6%), Suécia (9.100; +30,4%) e Dinamarca (7.100; +47,2%).

O recorde global da empresa foi também sustentado por mercados como Portugal (11.300; +1 7,7%), Países Baixos (11.000; +22,6%), Bélgica (10.600; +11,2%) e Irlanda (4.100; +11,3%). No México, o primeiro mercado SEAT fora da Europa, as vendas cresceram 5,4% para um total de 24.300 automóveis.

2020, o ano do novo Leon, da eletrificação da SEAT e CUPRA e de novas soluções de mobilidade

A SEAT desvendará no próximo 28 de janeiro a quarta geração do SEAT Leon, o best-seller da empresa que será produzido na fábrica de Martorell e chegará ao mercado, pela primeira vez, com uma versão híbrida plug-in.

Será a primeira novidade da gama que, até ao início de 2021, também verá o lançamento da versão híbrida plug-in do Tarraco e do SEAT el-Born, o primeiro veículo elétrico da marca fabricado sobre a plataforma MEB.

A CUPRA terá duas estreias em 2020: o Formentor, o primeiro modelo desenvolvido especificamente para a marca, que chegará ao mercado com motores de combustão e com uma versão híbrida plug-in, e que também será fabricado na unidade de Martorell, e o novo CUPRA Leon.

autonews.pt @ 10-1-2020 16:02:23


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades