Revolucionário motor Skyactiv-X chega a Portugal

Nos novos Mazda CX-30 e Mazda3

A Mazda Motor de Portugal acaba de lançar em Portugal a nova e revolucionária mecânica Skyactiv-X, uma fantástica conquista de engenharia que passa a estar disponível no SUV Mazda CX-30 e no também novo Mazda3 (Hatchback e Sedan).

autonews.pt @ 8-11-2019 15:38:46

Após a introdução das tecnologias Skyactiv no mercado, em 2012, então divididas por motores a gasolina e diesel mais convencionais, chega agora o novo e revolucionário motor Skyactiv-X.

Com uma cilindrada de 2,0 litros, traduz-se na primeira unidade a gasolina de produção do mundo a explorar os benefícios da ignição por compressão utilizada nos motores diesel. Representa, também, o segundo passo da Mazda rumo ao desenvolvimento do motor de combustão interna ideal.


O motor Skyactiv-X integra o revolucionário sistema SPCCI da Mazda (Ignição por Compressão Controlada por Faísca) , um novo e radical conceito de engenharia que permite ao motor alternar, sem que seja percetível ao utilizador, entre a ignição por faísca convencional e a combustão através de ignição por compressão.

No modo SPCCI, um processo de injeção dividido cria zonas separadas de mistura ar/combustível no interior da câmara de combustão. Aquando da abertura das válvulas, é injetada uma mistura de ar e combustível muito pobre na câmara de combustão, seguindo-se a compressão, altura em que uma zona precisa em redor do topo da vela se vê injetada de combustível atomizado.


Feito diretamente no topo da vela de ignição, esse processo dá origem a um núcleo mais rico, pelo que quando se dá a faísca, este núcleo de combustível e ar inflama, aumentando a pressão na câmara de combustão a um ponto que permite que a tal mistura mais pobre entre rapidamente em combustão.

Permitindo que o motor opere, durante um período significativo de tempo, num modo muito eficiente, o SPCCI opera em quase todas as faixas de operação do motor, exceto no arranque a frio, nas fases iniciais de aquecimento e em cargas muito elevadas. Nestas circunstâncias, o motor alterna, uma vez mais, sem que tal se torne percetível ao condutor, para um funcionamento normal, inflamando uma convencional mistura de ar e combustível estequiométrica com um rácio de 14.7:1.

Combinando a elevada performance de rotações de um motor a gasolina com a economia, binário e resposta imediata de um bloco diesel, o bloco Skyactiv-X gera diferentes benefícios: uma resposta excelente e uma condução sem esforço, uma sensação de rotação livre, suavidade, consumos reais combinados com um bom desempenho em termos de emissões. Com evoluções especialmente significativas a baixas rotações do motor, regista, também, melhorias nos consumos, médios e instantâneos, ao mesmo tempo que reduz as emissões de CO2 e NOX.

O bloco 2.0 Skyactiv-X disponibiliza 180 cv às 6,000 rpm e um binário máximo de 224 Nm às 3.000 rpm. O binário é cerca de 10 por cento maior do que o originado pelo motor 2.0 Skyactiv-G , e a faixa de baixos consumos vê-se significativamente expandida face à mesma unidade.

Certificado com a norma Euro 6d, quando associado ao novo Mazda3 (HB), regista um consumo de combustível entre os 5,4 e os 6,9 l/100 km e emissões de CO2 entre os 122 e os 157 g/km.

No novo Mazda CX-30, os consumos vão dos 6,9 aos 7,0 l/100 km e as emissões de CO2 situam-se entre os 133 e os 160 g/km (valores combinados, segundo a norma WLTP).

Os preços do Mazda CX-30 Skyactiv-X iniciam-se nos 33.605 euros e os do Mazda3 Skyactiv-X nos 30.874 euros, para as respetivas versões de entrada na gama .

autonews.pt @ 8-11-2019 15:38:46


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades