Café Joyeux acolhe cerimónia de entrega dos prémios ao valor social da Fundação Cepsa

Distinguiram 5 projetos sem fins lucrativos com um valor de 65 mil euros

A Fundação Cepsa entregou, numa cerimónia que teve lugar no Café Joyeux, em Cascais, os seus Prémios ao Valor Social, no valor de 65 mil euros, a cinco instituições nacionais com projetos de grande relevância social, nomeadamente ao nível da inclusão e qualidade de vida de pessoas ou grupos mais desfavorecidos, mas também iniciativas sustentáveis que contribuam para a transição energética. A Compassio, a Cercizimbra Cooperativa para a Educação e Reabilitação dos Cidadãos Inadaptados de Sesimbra, a Associação de Doentes com Lúpus, o Centro Social da Irmandade de S. Torcato e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sanfins do Douro foram as instituições distinguidas pelo painel de jurados.

autonews.pt @ 12-4-2024 10:38:16

Esta iniciativa anual da Fundação Cepsa já apoiou cerca de 12 mil beneficiários com mais de 810 mil euros concedidos a entidades portuguesas. A edição de 2023 acolheu 94 candidaturas e, para além dos 5 projetos vencedores, distinguiu ainda 5 Projetos vencedores do Prémio Especial Colaborador.

A cerimónia de entrega dos Prémios ao Valor Social teve lugar no Café Joyeux em Cascais, instituição intimamente ligada aos Prémios desde 2021, ano em que figurou na lista de vencedores, tendo continuado a desenvolver um trabalho inestimável em prol da comunidade.

Vencedores dos Prémios ao Valor Social

Na edição deste ano, os Prémios ao Valor Social distinguiram, em Portugal, a Compassio com o seu projeto "Porto Compassivo - Uma comunidade que cuida até ao fim" que procura contribuir para que a cidade do Porto se torne uma cidade mais compassiva, tendo como objetivo a sensibilização e capacitação para uma cultura compassiva e para a naturalidade e normalidade da morte e do luto e a construção de redes comunitárias de apoio para pessoas com doença e em situação de isolamento social/solidão (“Vizinhos Compassivos").

Também a Cercizimbra Cooperativa para a Educação e Reabilitação dos Cidadãos Inadaptados de Sesimbra foi distinguida com o seu projeto “Muvi Menta - Move a tua mente” que prevê, numa lógica de participação em iniciativas relacionadas com cidadania, cultura e educação, promover junto dos beneficiários, a aquisição e atualização de competências transversais, nomeadamente a organização de iniciativas diferenciadas, a pesquisa e tratamento de informações formativas e a mobilidade dentro de uma rede comunicacional complexa, em Sesimbra.

O projeto “Saúde e conforto no Lar”, da Associação de Doentes com Lúpus foi outros dos vencedores. Este projeto tem como objetivo proporcionar uma estadia digna e confortável, no Lar da Associação de Doentes com Lúpus, aos doentes que se deslocam a Lisboa para consultas ou tratamentos médicos.

Foi também distinguido o projeto “Planeta AzulAGE”, promovido pelo Centro Social da Irmandade de S. Torcato, que está a desenvolver, através de processo colaborativo de intervenção e criação entre pessoas idosas e diferentes colaboradores do Centro Social e da Cepsa, um conjunto de atividades e iniciativas de proteção ao meio ambiente, onde os protagonistas são os mais velhos.

Por último, os Prémios ao Valor Social apoiaram o projeto “Vida Segura com a Natureza” da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sanfins do Douro cuja missão passa por fortalecer a preparação e a capacidade de resposta dos Bombeiros Voluntários de Sanfins do Douro perante desastres naturais e emergências locais.

autonews.pt @ 12-4-2024 10:38:16


Clique aqui para ver mais sobre: Sabia que, Curiosidades sobre Carros / Automóveis