Bruno Oliveira no top-3 em Espanha

À partida para a segunda jornada dupla do Campeonato de Espanha de Karting, disputada no Circuito Internacional de Zuera, Bruno Oliveira estava na vice-liderança da categoria X30, a classe rainha, mercê de dois pódios (um terceiro e um segundo lugares) conquistados na primeira ronda, em Campillos. Contudo, o fim de semana foi aziago para o piloto português, já que depois de ser o mais rápido nas duas corridas de qualificação, as Finais não lhe correram de feição. Ainda assim, Bruno Oliveira está na terceira posição do campeonato.

Media Press @ 30-7-2013 10:56:15

Depois da performance dos primeiros dois dias tudo apontava que Bruno Oliveira capitalizasse a sua notoriedade no Campeonato de Espanha. Nos treinos livres de sexta-feira, Bruno Oliveira rodou entre os primeiros lugares e nos treinos livres oficiais de sábado foi o segundo mais rápido, ficando a escassas 0,031s da melhor volta. Nos treinos cronometrados, o piloto de português – que se estreia na categoria e é dos mais novos, tendo completado recentemente 16 anos – estabeleceu a terceira melhor marca, em 1m04,779s, ficando apenas a 0,056s do espanhol Javier Castillo, o segundo mais rápido e a 0,159s de Henrique Chaves, autor da pole position.

Para a primeira corrida de qualificação, Bruno Oliveira largou da terceira posição e passou para o segundo lugar, mas duas voltas depois caiu para a quinta posição. O piloto português aguentou o lugar, para depois atacar perto do final passar para a quarta posição, depois para a terceira e na última volta para o segundo lugar. O leiriense rubricou assim uma corrida ‘de se lhe tirar o chapéu’, na qual assinou a volta mais rápida em 1m04,904s.

Na segunda corrida de qualificação, o piloto de Leiria largou da terceira posição e as duas primeiras voltas não lhe correram bem, sendo relegado para o oitavo lugar. Mas depois viria a recuperar até à quarta posição, assinando novamente a volta mais rápida em 1m04,979s.

Face a estes resultados nas corridas de qualificação, o piloto do Team FCK Motorsport garantiu a segunda posição na grelha de partida para a Final 1. Dada a ‘luz verde’, Bruno Oliveira manteve-se nos lugares da frente, mas depois um toque obrigou-o a cair para a 10ª posição. O leiriense foi recuperando lugares e no último terço da corrida já era terceiro classificado, acabando, no entanto, por perder a posição na última volta, ficando atrás do experiente Castillo (campeão espanhol da categoria em 2011), de Manuel Bejarano (Energy/Parilla) e de Chaves, respectivamente. No entanto, o Colégio de Comissários alegou que Bruno Oliveira tocou num adversário e foi penalizado em três segundos, caindo para o nono lugar.

Na Final 2, o piloto português largou da nona posição e ainda na primeira volta desembaraçou-se de quatro adversários para assumir a quinta posição, mas logo na volta seguinte foi violentamente abalroado para fora de pista, ficando com grandes danos no seu chassis. Mesmo sem ter o kart nas melhores condições, Bruno Oliveira regressou à pista na 19ª posição e ainda recuperou até ao 12º lugar. “Em condições normais, teríamos saído de Zuera no segundo lugar do campeonato. A minha equipa esteve impecável na afinação do kart – isso ficou provado nas duas corridas de qualificação em que fiz a volta mais rápida em ambas, só para citar um exemplo – pelo que não merecíamos os resultados que tivemos nas duas Finais. Apesar de tudo, estou no terceiro lugar no campeonato, faltam disputar mais quatro corridas e ainda estão em discussão muitos pontos (180). Mas também é verdade que existe um leque bastante alargado de pilotos que são muito fortes e têm legitimidade para lutar pelas vitórias e pelo campeonato”, comentou Bruno Oliveira, que vai disputar a terceira e penúltima prova entre 12 e 15 de setembro, na pista de Recas, em Toledo.

Media Press @ 30-7-2013 10:56:15

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Karting, Karts e Kartódromos