José Faria e Crisália Faria: pai e filha a “voar” no Campeonato de TT

Baja TT ACP Santiago do Cacém/Grândola

A Baja TT ACP Santiago do Cacém/Grândola, no próximo fim de semana (7 e 8 de Março), marca a estreia de uma nova dupla, José Faria/Crisália Faria, no Campeonato de Portugal de TT. 

autonews.pt @ 3-3-2020 18:12:21

O Ford Proto da Espoauto, preparado e assistido pela equipa PRK Sport, com o qual o antigo campeão de ralis de iniciados regressou à competição na Baja Vindimas do Alentejo, no passado mês de Fevereiro, terá agora outro navegador. Crisália Faria, filha do piloto de Esposende, passa a fazer dupla com o pai, herdando o lugar do consagrado José Janela.

“Até ao momento, foi sempre ele [pai] a mandar ou a ditar as leis, como se costuma dizer, mas a partir de agora serei eu. O meu pai vai ter que me ouvir, em todas as circunstâncias…”, comenta, em tom humorado, Crisália Faria, uma jovem advogada prestes a viver, em família, a sua primeira experiência como navegadora.

“Nunca imaginei que o meu pai quisesse voltar à competição e muito menos comigo como navegadora. Fizemos uma experiência e adorei. Medo? Não, de modo algum. Sempre tivemos uma grande cumplicidade e isso vai-se fazer notar dentro do carro. Ser navegadora é uma sensação desafiante, há muita adrenalina curva a curva. De forma espontânea, ao passar no mesmo local várias vezes no primeiro treino disse ao meu pai quando tinha sido mais rápido ou até travara mais tarde. Acho que há coisas que estão no sangue e nós os dois somos muito parecidos…”, revelou a filha e co-piloto de José Faria, não deixando de tecer elogios ao seu “professor”: “O José Janela foi excelente nos ensinamentos que me transmitiu, revelando desde a primeira hora uma grande confiança em mim. E eu acredito que vai correr tudo bem nesta prova de estreia!”.

José Faria confessa-se duplamente satisfeito no início desta época que marca o seu regresso à competição, 26 anos depois de conquistar o título de campeão de ralis de iniciados:

“A Crisália possui caraterísticas e competências para ter um futuro promissor como navegadora, o que me deixa imensamente orgulhoso, feliz e confiante. Em relação a este meu regresso, o balanço da primeira prova foi bastante positivo e poderei dizer que, pelo ambiente e estrutura das provas, fiquei cliente, como piloto, do TT [todo o terreno]. Tenho potencial para conseguir bons resultados, mas não ainda esta época, que será de aprendizagem, e vai ser aliciante fazer essa evolução em conjunto com a Rosália”, concluiu o piloto de Esposende, que nesta segunda prova da época poderá retirar melhor partido do Ford Proto nos trilhos alentejanos da prova organizada pelo Automóvel Club de Portugal.

A Baja TT ACP Santiago do Cacém/Grândola tem início no sábado, no concelho de Grândola, com um total de 114 km ao cronómetro, repartidos entre o prólogo (4 km), o Setor Seletivo 1 (60 km) e o Setor Seletivo 2 (50 km). No domingo, já no concelho de Santiago do Cacém, o terceiro e último Setor Seletivo tem a extensão de 140 km.

autonews.pt @ 3-3-2020 18:12:21


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT