Azores Rallye 2019 apresentado

As novidades desta edição entre as quais o Azores E-Rallye

A 54ª edição do Azores Rallye foi ontem apresentada em Lagoa pelo Grupo Desportivo e Comercial, organizador do evento. A prova que vai para a estrada de 21 a 23 de Março será a segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis e a primeira do Campeonato da Europa de Ralis. 

autonews.pt @ 4-3-2019 11:41:32

Um evento emblemático, não só pelas características da prova mas também pela beleza natural que envolve todo o percurso e que este ano assinala a estreia de uma prova de regularidade específica apenas para veículos elétricos: o Azores E-Rallye.

Assim, foram desvendados alguns detalhes daquilo que será o figurino da prova deste ano: por motivos de horários e para não terminar tão tardiamente, a ‘City Show’ disputada nas ruas de Ponta Delgada, será realizada apenas num sentido, com partida na Avenida Kopke ao lado do histórico Forte de São Brás, seguindo em direcção a nascente, e final um pouco antes do Parque de Assistência.

A Primavera de 2019 tem início no primeiro dia competitivo do Azores Rallye, com a qualificação para determinar a ordem de partida no habitual troço de Remédios, na manhã do dia 21 de Março. Sensivelmente a meio da tarde, o rali arranca com o regresso da especial Coroa da Mata, numa versão mais extensa, com início próximo do miradouro de Santa Iria e a ganhar quase três quilómetros em relação à versão de 2014.

Segue-se a nova especial Mediana/Remédios, que utiliza partes do antigo Soluções M, com incursão pela pista de motocross, com dois saltos interessantes, seguindo pela mata da Agraçor, até ligar à secção final que irá terminar em Remédios, próximo do Parque Natural de Macela.


O primeiro dia termina mais uma vez na super especial Grupo Marques que terá cerca de 200 metros a mais, em relação ao ano anterior.

A continuação da primeira etapa terá lugar na Sexta-feira, dia 22 de Março, com dupla passagem em três especiais renovadas na zona poente da ilha. Pico da Pedra perde a secção de asfalto inicial, mas irá ganhar cerca de quatro quilómetros em piso de terra mais a norte, para depois retomar os restantes seis quilómetros do ano anterior.

A mítica especial de Sete Cidades irá recuperar a versão disputada em 2014, com o aproveitamento da primeira cumeeira, já recuperada, sendo melhor para as viaturas de duas rodas motrizes, com menos quilómetros a subir, tal como a nova especial de Vista do Rei/ Feiteiras que tem uma nova secção com três quilómetros, para depois retomar cerca de cinco quilómetros da versão anterior, mas em sentido inverso. O dia termina como no anterior, com nova passagem por Grupo Marques.

Igualmente com alterações, a derradeira etapa inicia-se na especial de Graminhais, tendo um novo início, acrescentado em cerca de dois quilómetros, mas a clássica especial de Tronqueira mantém a versão 2018, sendo mesmo o único troço sem qualquer alteração.

A penúltima secção termina com a única passagem por Vila Franca/São Brás, onde foi retirada a derradeira descida abrasiva em piso de asfalto, seguindo-se a segunda passagem por Graminhais e Tronqueira, que antecede a cerimónia do pódio em Ponta Delgada.


Esta edição do Azores Rallye vai também marcar o arranque de um novo rali dos Açores: o Azores E-Rallye! A prova, que se reveste de caráter de regularidade, irá ser disputada exclusivamente por veículos eléctricos, com passagem por Sete Cidades, Tronqueira e Grupo Marques. Nos Açores e por altura do rali, irão estar presentes pilotos do FIA e-Rally Regularity Cup, assim como o responsável máximo da FIA junto desta competição, que será dado a conhecer dentro de alguns dias.

autonews.pt @ 4-3-2019 11:41:32

Galeria de fotos