Ricardo Gomes – mundo novo com balanço positivo

Em CSS Group 1

Ricardo Gomes estreou-se em 2018 no mundo dos clássicos, tendo protagonizado uma rápida adaptação ao CSS Group 1, o que lhe garantiu um pódio. Para 2019 espera mais um ano entusiasmante.

autonews.pt @ 28-12-2018 16:42:43

O piloto de Braga esteve este ano numa nova competição, a CSS Group 1, e deixou a sua marca na série da Race Ready que junta alguns dos carros mais icónicos que participaram no BTCC até 1981.

2018 foi um ano de novidades para ti, entraste no mundo dos clássicos, obrigando-te a uma ambientação a um universo diferente do que estavas habituado. Que balanço fazes da tua temporada?

Ricardo Gomes: “Foi uma novidade para mim! Carros mais puros, sem eletrónica mas com performances muito interessantes. Gostei muito do ambiente que vivi no CSS Group 1, que se caracteriza por boas lutas em pista, com muitos carros, mas com muita camaradagem fora dela, para além de ter uma organização muito competente. No campo desportivo foi muito positivo, dado que fui competitivo e conquistei um pódio em Jarama, circuito onde nunca tinha competido. É claro que, nas corridas, há sempre momentos menos bons, mas no cômputo geral foi muito positivo” 

Qual foi o teu momento mais baixo da temporada?

Ricardo Gomes: “Sem dúvida alguma a prova do Estoril Classic. Estávamos entusiasmadíssimos por corrermos num evento fantástico com tanta gente nas bancadas, mas um problema de motor logo na sexta-feira impediu-nos de poder participar no restante fim-de-semana. Foi muito frustrante”.

Qual foi o teu momento alto da temporada? 

Ricardo Gomes: “Sem dúvida o fim-de-semana de Jarama! Não conhecia o circuito e, apesar de ser extremamente seletivo – com subidas e descidas e muitas curvas cegas – adaptei-me rapidamente.”

Quais são os teus planos para 2019?

Ricardo Gomes: “Penso que será importante ter um projeto entusiasmante que acrescente algo ao meu currículo. Neste momento estou a avaliar inúmeras opções e existem algumas possibilidades que me agradam bastante. Mas para já é muito cedo para levantar a ponta do véu. Penso que será algo muito interessante”.

autonews.pt @ 28-12-2018 16:42:43