Renault anuncia vendas 100% eléctricas na Europa até 2030

CEO do grupo Renault Luca de Meo

A marca Renault tem como objectivo 100% de vendas de veículos elétricos na Europa em 2030, em vez de 90%, anunciou o CEO do grupo Renault Luca de Meo numa conferência de imprensa esta semana. "Estabelecemos o objectivo de preparar as condições para que a Renault seja uma marca 100% eléctrica até 2030", disse, acrescentando: "Imaginamos uma marca Renault que irá confrontar bem com os recém-chegados a este mercado, na Europa”.

autonews.pt @ 13-1-2022 17:17:11

A Renault lança este ano um carro compacto eléctrico, o Mégane, e em breve uma versão moderna do seu pequeno Renault 5, ambos fabricados no norte de França. "A Dacia será a próxima, e a sua eletrificação será consistente com um posicionamento que nos obriga a não aumentar os preços", acrescentou o patrão da marca.

Lidar com problemas de abastecimento

Mas sobretudo antes da apresentação dos resultados financeiros em Fevereiro próximo e um ano após a apresentação do seu plano "Renaulution", Luca de Meo fez um balanço da situação do fabricante de automóveis que, tal como outros fabricantes no mundo, enfrenta uma escassez de semicondutores automóveis.

Segundo ele, os problemas de abastecimento continuarão em 2022, mas "o pior" será no primeiro semestre deste ano. "Está concentrado em poucos fornecedores. Não podemos esperar que seja resolvido a curto prazo. Cerca de 500.000 carros não serão produzidos por causa da escassez” referiu igualmente.

Apesar desta desvantagem, o grupo conseguiu reduzir os seus custos fixos em 2 mil milhões de euros por ano "mais de um ano antes do previsto", salientou Luca de Meo. O grupo esperava alcançar uma redução de 30% no seu ponto de equilíbrio, ou seja, os volumes necessários para o grupo atingir o equilíbrio financeiro, até 2023, em comparação com o nível em 2019.

autonews.pt @ 13-1-2022 17:17:11


Clique aqui para ver mais sobre: Carros elétricos - notícias e tecnologia