Miio e Power Dot juntam-se para trazer carregamentos a todo o território português

Parceria permite carregamentos ad hoc - de pagamento imediato com QR Code

A miio e a Power Dot anunciam o arranque de um projeto piloto que visa trazer os carregamentos ad hoc a todo o território português e ajudar a tornar a mobilidade elétrica cada vez mais acessível e intuitiva para os utilizadores de veículos elétricos.

autonews.pt @ 11-1-2022 12:08:29

O projeto arranca no mês de janeiro com 100 carregadores em alguns pontos do território nacional que proporcionam aos utilizadores de veículos elétricos o pagamento imediato do seu carregamento na via pública através de um QRCode. O objetivo da miio e da Power Dot é estender esta opção de carregamento a todo o território português, e alcançar um total de 500 carregadores até ao final de 2022.

“É com muito orgulho que anunciamos mais este passo da miio para simplificar a mobilidade elétrica em Portugal, proporcionando à comunidade de utilizadores de elétricos um maior acesso a opções de pagamento, especialmente para quem quer estar desvinculado de qualquer contrato, que acabou de comprar um veículo elétrico ou que apenas visita Portugal como turista. A Power Dot destacou-se como o parceiro certo para este projeto, dado que é uma marca de referência neste setor com valores que se alinham com os da miio.”, afirma Daniela Simões, CEO e co-fundadora da miio.

“O nosso objetivo é criar mais oportunidades para as pessoas carregarem os seus veículos, quer através do investimento em novos carregadores em locais integrados na vida das pessoas, quer também na diversificação nas modalidades de pagamento. Dessa forma, iniciámos a parceria com a miio, onde queremos dar a todos os utilizadores uma experiência mais cómoda e simples, permitindo uma maior universalidade.” - afirma José Maria Sacadura, GM de Portugal e cofundador da Power Dot.

A informação sobre os carregadores estará disponível na app miio com a indicação de que se trata de um carregador Power Dot que permite realizar um carregamento ad hoc através do QRCode.

Com esta modalidade de carregamento, qualquer utilizador de um veículo elétrico pode fazer um carregamento na via pública sem necessitar de contrato com um CEME (Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica) e pagar automaticamente no próprio ato de carregamento. Basta dirigir-se a um posto, fazer a leitura do QRCode, inserir um cartão de crédito e dar início à sua sessão de carrega

autonews.pt @ 11-1-2022 12:08:29


Clique aqui para ver mais sobre: Carros elétricos - notícias e tecnologia