Para a SEAT 2019 foi um “ano eletrizante”

10 razões

Se 2018 foi um ano excecional para a SEAT, 2019 não ficou muito atrás. Nestes 12 meses, a SEAT superou os resultados record do ano anterior, iniciou a sua ofensiva elétrica com a apresentação do novo concept el-Born e o lançamento do SEAT Mii, bem como a apresentação da versão híbrida plug-in do SEAT Tarraco, o modelo emblemático da empresa. Mais cinco modelos serão adicionados a esta primeira fase de eletrificação até ao início de 2021. 

autonews.pt @ 3-1-2020 17:17:09

Adicionalmente, em 2019, a CUPRA pisou o acelerador com a apresentação dos protótipos CUPRA Formentor e CUPRA Tavascan, dois veículos especificamente desenvolvidos para a marca. Foi também um ano que será lembrado pelo compromisso com a micromobilidade, que foi traduzido com a apresentação do concept SEAT Minimó, o novo concept eScooter e um novo concept e-Kickscooter.

1.      Um ano record, uma vez mais

A SEAT iniciou 2019 numa base financeira sólida. Em 2018 alcançou os melhores resultados da sua história, com um lucro após impostos de 294 milhões de euros e um volume de negócios de mais de 9.991 milhões de euros em 2018. Tal como no ano anterior, em 2019 a SEAT bateu o seu próprio record de vendas em novembro com 542.800 carros, superando o volume de todo o ano de 2018 (517.600 carros vendidos) um mês antes do final do ano.

2.      Novos pilotos ao volante da SEAT

Este ano, novos vice-presidentes juntaram-se à equipa de direção da SEAT. Em março, Axel Andorff foi nomeado Vice-Presidente de Investigação e Desenvolvimento, substituindo o Dr. Matthias Rabe; em junho, Carsten Isensee assumiu o cargo de Vice-Presidente de Finanças, substituindo Holger Kintscher; e em setembro, Alfonso Sancha foi nomeado Vice-Presidente de Compras da SEAT, substituindo Klaus Ziegler.

3.      SEAT, líder em micro mobilidade do Grupo Volkswagen

A SEAT foi escolhida em 2019 como marca líder dentro do Grupo Volkswagen para definir a estratégia e oferecer produtos para a micromobilidade urbana. Neste sentido, o fabricante de automóveis aumentou a fasquia no Congresso Mundial da Smart City Expo com a apresentação da SEAT Urban Mobility, uma unidade de negócio que se foca no desenvolvimento de soluções de mobilidade urbana.

4.      SEAT Minimó, o concept nascido para revolucionar a mobilidade

No Mobile World Congress de Barcelona, a empresa deu um grande passo na sua estratégia de micromobilidade urbana com a apresentação do SEAT Minimó, um concept 100% elétrico especialmente concebido para se adaptar às novas plataformas de mobilidade e para se tornar o grande aliado das cidades.

5.      Do fabricante de automóveis a player de mobilidade: o compromisso de partilha aumenta

A SEAT deu mais um passo no seu compromisso com o carsharing, ampliando o serviço na cidade de L'Hospitalet de Llobregat (Barcelona), tornando-a na segunda cidade da Espanha onde opera com a sua empresa de carsharing Respiro. Este ano, a SEAT também lançou um serviço de partilha de viaturas em que empresas como a Cuatrecasas têm veículos SEAT GNC, através da Respiro, para que os funcionários possam fazer viagens urbanas durante o seu dia de trabalho, sem custos.

6.      SEAT acelera sobre duas rodas

No Smart City Expo World Congress, a SEAT anunciou que, pela primeira vez na história da empresa, terá no seu portefólio de produtos uma eScooter 100% elétrica, a ser lançada em 2020. O veículo foi desenvolvido em colaboração com a Silence de Barcelona, atinge uma velocidade máxima de 100 km/h e tem um alcance de 115 quilómetros de acordo com o teste WMTC.

7.      Início da ofensiva elétrica

No Salão Automóvel de Genebra, a SEAT apresentou o seu concept el-Born, o primeiro SEAT concebido como um veículo elétrico. Com o el-Born, a SEAT será a segunda marca do Grupo Volkswagen a produzir um modelo na plataforma MEB na Alemanha. Além disso, a SEAT começou a comercializar o Mii electric, o primeiro modelo 100% elétrico da empresa, e anunciou a introdução do Tarraco PHEV em 2020, com um motor híbrido plug-in e acabamento desportivo FR. 

8.      SEAT avança na sua transformação digital

No Congresso Mundial de Mobile 2019, a SEAT anunciou a criação do centro de desenvolvimento de software SEAT:CODE (Centro de Excelência Digital) para impulsionar a transformação digital e aumentar a eficiência através da digitalização de processos, e para fortalecer modelos de negócio em torno dos novos conceitos de mobilidade, conectividade e digitalização automóvel. Esta nova estrutura é liderada por Sebastian Grams, CIO da marca e Carlos Buenosvinos, CTO do novo SEAT:CODE, e em breve terá a sua própria sede na cidade de Barcelona.

9.      Uma autêntica Smart Factory

A fábrica da SEAT em Martorell, no seu compromisso de criar uma fábrica inteligente, digital e conectada, fez importantes avanços para continuar uma referência na indústria 4.0. Este ano, a fábrica tornou-se a primeira fábrica espanhola a ter um serviço pioneiro de abastecimento de peças através de drones. O projeto piloto fornece volantes e airbags às linhas de montagem para o rápido fornecimento de peças just in time, em apenas 15 minutos.

10.  Martorell, uma fábrica mais sustentável

Por outro lado, este ano a empresa aderiu a medidas que visam produzir menos resíduos e tratá-los de forma mais eficiente. Neste sentido, desde 2010, a SEAT melhorou a sua pegada de produção ambiental em 34% com medidas para emitir menos CO2, compostos voláteis e resíduos, utilizar menos água e energia; e estabeleceu uma meta de reduzir o seu impacto ambiental em 50% até 2025. 

autonews.pt @ 3-1-2020 17:17:09


Clique aqui para ver mais sobre: Carros elétricos - notícias e tecnologia