Volkswagen lança o seu primeiro elétrico: ID.3

Disponível em meados de 2020

A Volkswagen anunciou o lançamento do seu primeiro veículo totalmente elétrico o ID.3. Para já, um veículo exclusivo para a Europa, para a marca este é o primeiro de uma nova geração de veículos elétricos puros, com emissões locais zero e amplamente conectado. E este é também o primeiro veículo da Volkswagen com o novo logotipo da marca – uma versão mais “minimalista” relativamente ao anterior, mas claramente reconhecível (na galeria).

autonews.pt @ 10-9-2019 14:26:01

Na apresentação que decorreu no Salão Automóvel de Frankfurt (IAA), Silke Bagschik, diretor de vendas e marketing da marca disse a propósito: “O ID.3 é versátil e adequado para a utilização diária. É um carro compacto, oferecendo a capacidade de manobra de um carro mais pequeno a que se acrescenta um espaço interior de um veículo da gama média. Este veículo combina o design empolgante com tecnologia inovadora e uma autonomia significativa”.

A proposta do ID.3 da Volkswagen abre uma nova era de mobilidade ecológica, fundamentando o primeiro grande movimento de um fabricante de automóveis clássicos na direção de uma nova geração de modelos de produção  em massa de veículos elétricos.

A estratégia da VW na direção dos carros elétricos de bateria assenta numa plataforma tecnológica desenhada de raiz a que a marca chamou de MEB (matriz modular de veículos elétricos) e que vai servir de base a vários modelos de automóveis e segmentos.

Mas um automóvel é também um sinal de afirmação de design e para Klaus Bischoff, diretor de design da marca, “Com o ID.3, a Volkswagen está a caminhar para o futuro. Conduzir de forma natural e com uma experiência perfeita e intuitiva mostram uma nova forma de pensar nos automóveis, e na mobilidade elétrica.”

Os elementos de exibição e comandos totalmente novos, digitais, garantem que todos os condutores encontrem a sua forma de conduzir intuitivamente no ID.3. Além do ecrã integrado no sistema do volante, na zona central do veículo está disponível uma tela adicional de dez polegadas que adiciona mais informação e permite maior controle do condutor.

Em termos genéricos o interior também é revolucionário relativamente aos padrões atuais. A longa distância entre eixos da plataforma MEB, com a motorização traseira fazendo parte do eixo, resulta num interior amplo. A marca fala em “Open Space” para cinco lugares e que é claro estabelece novas referências não segmento dos veículos mais compactos.


A exemplo do que já sucede com os veículos produzidos pela Tesla, todos os controles do ID.3 – incluindo os do volante multifuncional eletricamente ajustável – são operados com funções de toque em botões sensíveis (galeria).

Para encontrar controles tradicionais dentro do carro, é preciso abrir as janelas elétricas, abrir a porta ou ligar as luzes de emergência.

A dominância dos controles “touch” das funções do veículo é ainda complementada pelo controle inteligente por voz por parte do condutor ou ocupantes. Adicionalmente o ID.3 tem uma aplicação específica para o smarphone que proporciona controle e informações adicionais sobre o veículo.

No arranque da produção em série, o ID.3 estará disponível com três opções relativamente à capacidade da bateria.

A variante de base possui um conteúdo de energia utilizável de 45 kWh e permite uma autonomia elétrica de até 330 quilómetros (no padrão WLTP). O preço de entrada para esta versão ID.3 é inferior a € 30.000.

De forma intermédia, existe uma variante de bateria um pouco maior com 58 kWh, que permite ao ID.3 ter uma autonomia de até 420 km (WLTP).

Por último a marca prevê a produção de uma versão com uma bateria de 77 kWh, o que deve permitir uma autonomia de até 550 quilómetros (WLTP).

Graças à sua capacidade de carregamento rápido, é possível carregar o ID.3 o suficiente para uma autonomia de cerca de 290 quilómetros em 30 minutos, usando um ponto de carregamento de 100 kW.

Dentro do habitual na maioria dos veículos elétricos, as baterias estão integradas na parte inferior da carroçaria, debaixo do piso do habitáculo (galeria). Este posicionamento tem um efeito positivo na dinâmica de condução, pois coloca o centro de gravidade do ID.3 bem mais baixo do que num veículo de propulsão tradicional. O ID.3 também se apresenta com distribuição otimizada de peso entre o eixo dianteiro e o eixo traseiro.

Uma edição de lançamento exclusiva: o  ID.3 1st


De forma intermédia, existe uma variante de bateria um pouco maior com 58 kWh, que permite ao ID.3 ter uma autonomia de até 420 km (WLTP).

Por último a marca prevê a produção de uma versão com uma bateria de 77 kWh, o que deve permitir uma autonomia de até 550 quilómetros (WLTP).

Graças à sua capacidade de carregamento rápido, é possível carregar o ID.3 o suficiente para uma autonomia de cerca de 290 quilómetros em 30 minutos, usando um ponto de carregamento de 100 kW.

Dentro do habitual na maioria dos veículos elétricos, as baterias estão integradas na parte inferior da carroçaria, debaixo do piso do habitáculo (galeria). Este posicionamento tem um efeito positivo na dinâmica de condução, pois coloca o centro de gravidade do ID.3 bem mais baixo do que num veículo de propulsão tradicional. O ID.3 também se apresenta com distribuição otimizada de peso entre o eixo dianteiro e o eixo traseiro.

Uma edição de lançamento exclusiva: o  ID.3 1st

O ID.3 1st será oferecido em três configurações fixas, concebidas a pensar nas preferências típicas do cliente. Adicionalmente, a cor da pintura exterior e a cor do interior do veículo podem ser escolhidas pelo cliente.

A versão de base do ID.3 1st inclui sistema de navegação, um rádio digital DAB +, aquecimento dos assentos e aquecimento do volante, apoios de braços à frente, um cabo de carregamento do Modo 2 e jantes de liga leve com 18 polegadas.

Adicionalmente a marca vai disponibilizar o ID.3 1st na versão PLUS que vem com um sistema de câmara de visão traseira, Adaptive Cruise Control (ACC) e sistema sem chave Kessy Advanced. O interior do veículo do ID.3 1st na versão PLUS também inclui bancos com um design diferenciado, consola central com duas conexões USB-C e iluminação ambiente. Como parte do equipamento para o exterior estão os vidros escurecidos, o pacote Style em cor prata, faróis LED matriciais, faróis laterais, luzes de travagem, indicadores de mudança de direção e conjuntos de luzes traseiras matriciais, além de jantes de liga leve de 19 polegadas.

A versão topo de gama, o ID.3 1st MAX, também inclui um display frontal de realidade aumentada (AR), o sistema de som da Beats, teto panorâmico de vidro deslizante / basculante e jantes de liga leve de 20 polegadas. O pack deste equipamento é complementado por um sistema de manutenção de faixa com o Emergency Assist, um sistema de mudança de faixa, possibilidade de carregamento sem fios do telemóvel e assentos ergonómicos.

autonews.pt @ 10-9-2019 14:26:01

Galeria de fotos