Fórmula E: Revelação da equipa da Mercedes-Benz EQ

Novo carro, novo diretor desportivo da equipa e nova formação de pilotos

Os pilotos Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries foram escolhidos para disputar a temporada de estreia da Mercedes-Benz EQ Formula E Team. O diretor da equipa vai ser Ian James.

autonews.pt @ 13-9-2019 15:18:00

Após 125 anos de história do automobilismo, a Mercedes-Benz está prestes a escrever um novo capítulo na próxima temporada: na jornada de abertura do Campeonato ABB FIA Fórmula E 2019/20 na Arábia Saudita, que vai acontecer no final de novembro, estarão pela primeira vez dois carros de corrida totalmente elétricos da Mercedes-Bem

Ocupando os dois cockpits do Mercedes-Benz EQ Silver Arrow 01 estarão o ex-piloto de Fórmula 1 Stoffel Vandoorne e o atual líder do campeonato de Fórmula 2 da FIA o piloto Nyck de Vries.

"Com Stoffel e Nyck, recrutamos dois pilotos formidáveis ​​e adaptáveis ​​que podem continuar a aprender e crescer connosco em nossa temporada de estreia na Fórmula E", diz Ian James, diretor da equipa EQ Formula E. “Na Mercedes-Benz, podemos recordar 125 anos no automobilismo. No entanto, sabemos que a Fórmula E é muito diferente de qualquer outra corrida em que já competimos. Estamos fazendo todo o possível para alcançar o sucesso, mas sabemos que temos uma grande curva de aprendizado pela frente. ”


Na sua temporada de estreia, a equipe utilizará o conhecimento e a experiência combinada em automobilismo de toda a família Mercedes. No coração do  carro Silver Arrow 01 está uma motorização elétrica que foi projetada e desenvolvida no centro de alta performance da Mercedes-AMG no Reino Unido, que é o centro de excelência global do Grupo Daimler para híbridos de tecnologia de alto desempenho, designadamente da Fórmula 1.

A responsabilidade de gerir os carros nos fins de semana de corrida foi atribuída à HWA AG, especialista em automobilismo baseada em Affalterbach, que já ganhou uma vasta experiência na Fórmula E na última temporada ao correr com a sua própria equipe, a HWA RACELAB.

A equipe Mercedes-Benz EQ de Fórmula E também recebe apoio dos atuais campeões de construtores de Fórmula 1, Mercedes-AMG Petronas Motorsport, em Brackley.

Os pilotos: Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries


Em sua formação de Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries para a temporada de estreia, a equipa recrutou um piloto com experiência prévia na Fórmula E combinado com um jovem talento altamente promissor.

Após seu ano em estreia na equipa HWA RACELAB, Stoffel está prestes a entrar na sua  segunda temporada da Fórmula E. Ao mesmo tempo, ele pode recordar a experiência adquirida em 41 GPs de Fórmula 1. "Estou absolutamente encantado por me juntar à Mercedes", diz Stoffel.

Já Nyck está prestes a iniciar a sua temporada de estreia na Fórmula E. Ainda com quatro corridas para acontecer no Campeonato de Fórmula 2 2019 da FIA, ele atualmente lidera a classificação dos pilotos. A corrida final está programada para acontecer como parte do programa de apoio ao final da temporada de Fórmula 1 em Abu Dhabi, uma semana após a estreia de Nyck na Fórmula E.

"É um sentimento muito especial ser solicitado a dirigir para o Mercedes-Benz EQ na Fórmula E, e estou honrado por a equipe ter me escolhido como um dos dois pilotos", diz Nyck.

O carro: um carro de corrida para uma nova era

No início de março deste ano, o primeiro carro de corrida totalmente elétrico da Mercedes viu a luz do dia no Internacional Motor Show, em Genebra, adornado para a ocasião com um teaser especial. No final daquele mês, o carro realizou sua primeira corrida em Varano, na Itália, com testes adicionais a ocorrerem em Itália e em Maiorca.

O carro de corrida Gen2 implantado na Fórmula E tem um design exclusivo no automobilismo. Embora todas as equipes usem um chassi padrão igual entre todas, existe a possibilidade de serem feitos ajustamentos no sistema de gestão de energia e motorização. As equipes podem desenvolver alguns destes componentes de forma exclusiva e única - inversor, motor, transmissão, partes do eixo traseiro e o software para gerenciamento de energia.

Até a estreia do novo Silver Arrow 01 na abertura da temporada em Ad Diriyah, no final de novembro, a equipa vai estar muito ocupada. "O tempo passa muito rápido e ainda há muito trabalho a fazer", acrescenta Stoffel. “Será um grande desafio, mas estou ansioso por isso com confiança. "

autonews.pt @ 13-9-2019 15:18:00