Novo Peugeot e-208 100% elétrico

Mais potência, maior eficiência e até 400 km de autonomia

Novo Peugeot e-208 100% elétrico apresenta-se com melhorias muito significativas em termos de prazer de condução, orçamento e quotidiano dos utilizadores. Após uma primeira otimização no final de 2021, que havia aumentado a sua autonomia em 6,5% (mais 22 quilómetros), o PEUGEOT e-208 beneficiará, em 2023, de uma significativa evolução tecnológica, integrando o motor do novo PEUGEOT e-308: a potência máxima aumenta 15%, de 100 kW/136 cv para 115 kW/156 cv, enquanto o excelente trabalho realizado em termos de eficiência faz com que o consumo médio de energia passe apenas para os 12 kWh, permitindo um aumento de 10,5% em termos de autonomia, representando mais 38 quilómetros, alcançando -se um máximo de 400 km.

autonews.pt @ 28-9-2022 10:31:45

O PEUGEOT e-208, versão 100% elétrica do 208, atrai pelo seu poder de sedução, pela excelência dos seus equipamentos e pelo prazer de condução, permitidos pela sua tecnologia elétrica, bem como pelo seu PEUGEOT i-cockpit® com volante compacto, impulsionador de sensações diretas e de uma maneabilidade inigualável.

As suas inúmeras qualidades representam um enorme sucesso junto dos seus clientes: cerca de 110.000 exemplares já produzidos desde o lançamento em 2019, mas, sobretudo, com a subida, desde o início do ano de 2022, do PEUGEOT e-208 a líder de vendas no segmento B elétrico na Europa e, no mesmo período, ao primeiro lugar das tabelas de vendas em França quando considerados todos os segmentos de veículos elétricos.

Sucesso também em Portugal, onde, no acumulado de 2022, o e-208 continua a reforçar a posição de berlina 100% elétrica mais vendida do segmento B, com 35,4% de quota. Se considerarmos todas as silhuetas do segmento, o e-208 aumenta também a sua quota para 18,6%.

Até 400 km de autonomia fruto de significativas evoluções tecnológicas

A partir de 2023, o PEUGEOT e-208 adotará a nova cadeia de tração do PEUGEOT e-308, gerando, assim, até 38 km e 10,5% de autonomia suplementar, que permite alcançar os 400 km em ciclo WLTP (homologação em curso).

A nova versão do PEUGEOT e-208 100% elétrico contará com:

. Um novo motor com uma potência de 115 kW/156 cv, dos quais 15 kW/20 cv suplementares e de um binário de 260 Nm disponível desde o arranque, para uma reatividade imediata. O prazer de condução viu-se, entretanto, acrescido, um prazer sem vibrações, sem ruído, sem passagens de caixa, sem cheiros e sem emissões de CO2.

. Uma nova bateria de alta tensão, mais eficiente, com uma capacidade bruta de 51 kWh (48,1 kWh úteis) e funcionando a 400 Volts.

A eficiência esteve no centro das preocupações dos criadores desta nova motorização e do PEUGEOT e-208, uma vez que todos estes desenvolvimentos possibilitam um consumo de energia média notavelmente baixo, na ordem dos 12 kWh por 100 km.

Preservados todos os ganhos decorrentes da primeira otimização de 2021

No final de 2021, o PEUGEOT e-208 já havia beneficiado de uma primeira evolução tecnológica que visou aumentar a sua eficiência, permitindo-se oferecer, à época, uma autonomia máxima de 362 km (WLTP), então um ganho de 22 km face à versão original, lançada no final de 2019.

Desde o seu lançamento e graças a estas duas evoluções consecutivas, o ganho em autonomia oferecido pelo PEUGEOT e-208 é de 17,65%, junto com uma diminuição em 15% do consumo energético. O primeiro estágio de otimização implicou uma série de medidas, que se mantêm presentes no novo e-208:

Uma bomba de calor acoplada a um sensor de humidade instalado na parte superior do para-brisas otimiza a eficiência energética do aquecimento e do ar condicionado. As informações comunicadas por este sensor permitem controlar, com maior precisão, a recirculação de ar no compartimento de passageiros e, em última análise, proteger a quantidade de energia contida na bateria nas fases de aquecimento e de manutenção da temperatura no interior do veículo.

Uma evolução dos pneus para a classe 'A+', que minimiza as perdas energéticas de resistência ao rolamento e também uma nova relação do redutor que aumenta a autonomia em viagens, por estrada e autoestrada.

A eficácia desta primeira evolução era especialmente sentida sob baixas temperaturas ao ar livre. Mas para além dos ganhos substanciais em autonomia no ciclo WLTP é importante destacar os benefícios significativos em termos de utilização real por parte dos clientes, na ordem dos 40 km em condições de tráfego urbano, a temperaturas próximas de 0 °C.

Facilidades aquando da compra e na utilização no quotidiano

São dois os tipos de carregadores que estão a bordo do PEUGEOT e-208, que respondem a todos os tipos de utilização e todas as soluções de carregamento: um carregador monofásico de 7,4 kW de série, e, em opção, um carregador trifásico de 11 kW.

Por outro lado, o PEUGEOT e-208 aceita carregamentos rápidos, sendo possível, a partir de uma estação de carregamento público de 100 kW, fazer um carregamento de 20% a 80% em menos de 25 minutos.

Graças a um comando localizado na consola central, o condutor tem a possibilidade de selecionar um dos três modos de condução disponíveis (ECO, NORMAL e SPORT), permitindo acréscimos de autonomia ou de performance.

Uma vez ativado o modo BRAKE noutro comando, o utilizador pode aumentar a recuperação de energia sempre que se registe uma desaceleração ou quando levante o pé do pedal do acelerador.

Para facilitar a vida dos clientes no dia a dia, é proposta uma gama de serviços, como a app para smartphones MyPeugeot, que permite dialogar com o seu veículo e, à distância, programar um carregamento ou iniciar um pré-condicionamento térmico.

O novo PEUGEOT e-208 chegará ao mercado no decorrer do ano de 2023.

autonews.pt @ 28-9-2022 10:31:45

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades