Toyota Mirai bate recorde mundial de distância percorrida

Com apenas um reabastecimento de hidrogénio

A viagem começou na quarta-feira, 26 de maio às 5:43 no posto de hidrogénio HYSETCO em Orly e terminou após percorrer 1003km com um único abastecimento.

autonews.pt @ 1-6-2021 15:14:16

Os 1003 km percorrido em zero emissões foram percorridos em estradas públicas, a sul de Paris e nas zonas de Loir-et-Cher e Indre-et-Loire e, a distância e o consumo foram certificados por uma autoridade independente.

O hidrogénio verde foi o combustível utilizado nesta tentativa de bater o recorde e o consumo médio foi de 0.55 kg/100km, sendo o Mirai capaz de armazenar 5.6kg de hidrogénio.

O novo Mirai demonstrou a sua eficiência e facilidade de condução

O novo Mirai é o veículo elétrico de segunda geração a pilha de combustível (Fuel Cell) da Toyota. Oferece melhor desempenho, um design mais elegante e inovador e uma nova dinâmica de condução em comparação com a primeira geração.

Além disso, o aumento da eficiência do sistema a pilha de combustível, juntamente com uma maior capacidade de armazenamento de hidrogénio e melhor aerodinâmica, contribuem para um aumento do alcance de condução para cerca de 650km em condições normais/homologadas, com menos de 5 minutos de reabastecimento num posto de abastecimento de 700 bar.

Para atingir este recorde de 1003km de distância de condução, os condutores adotaram um estilo “de condução ecológica”, mas não foi utilizada nenhuma técnica especial que não possa ser utilizada pelos condutores no quotidiano.


O Toyota Mirai e o hidrogénio no centro do conceito de “ir além do zero” (Beyond Zero)

Ir além do zero salienta que zero emissões não é o destino da Toyota. É simplesmente um passo na jornada da eletrificação da marca para ultrapassar barreiras e construir um futuro melhor para todos: além das emissões, além das restrições, além das expectativas e além das barreiras.

O Mirai demonstra claramente o aspeto “para além das emissões”, destacando as vantagens da mobilidade elétrica com zero emissões ao mesmo tempo que proporciona segurança, conforto, autonomia elétrica alargada e facilidade de reabastecimento.

Além disso, o hidrogénio, como um recurso credível e abundante para transportar e armazenar energia, representa uma forte oportunidade para criar uma sociedade melhor.

O hidrogénio pode proporcionar mobilidade sem emissões, não só ao transporte rodoviário, mas também a comboios, barcos e aeronaves e gerar energia para indústrias, empresas e famílias.

Nesse sentido, a Toyota apoia muitas iniciativas para democratizar e diversificar as aplicações da pilha de combustível: geradores elétricos (EODev), barcos (Hynova), taxis (Hype), autocarros (RATP e CaetanoBus), camiões (Hino), a cidade do hidrogénio (Woven City) e outros usos.

Recorde alcançado por 4 condutores


Os 4 condutores que completaram a tentativa recorde incluíram Victorien Erussard, o fundador e o capitão do Energy Observer. O Energy Observer, da qual a Toyota é parceira, é o primeiro barco equipado a pilha de combustível Toyota, autónomo em termos energéticos, tem zero emissões e funciona como instrumento de comunicação e como laboratório de investigação para a transição energética. O Energy Observer evoluiu agora para uma empresa que lida com pesquisa e inovações. Apresentou em Paris a sua mais recente aldeia de exposições dedicada às energias renováveis e ao hidrogénio.

Durante esse evento, a Torre Eiffel foi iluminada pela primeira vez por hidrogénio verde, graças ao gerador de hidrogénio GEH2® desenvolvido pela organização de arranque EODev, da qual a Toyota é acionista.

James Olden, engenheiro da Toyota Motor Europe, Maxime le Hir, gestor do produto Mirai e Marie Gadd, relações públicas da Toyota France, foram os outros 3 condutores.

autonews.pt @ 1-6-2021 15:14:16

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades