Vendas SEAT crescem mais de 30% em outubro

E registam em 2019 um incremento de 11%

As vendas da SEAT entram na reta final do ano com um novo recorde. Entre janeiro e outubro, a marca automóvel entregou 498.700 veículos em todo o mundo, mais 11,1% face a igual período do ano passado (449.000). Com este resultado, a SEAT vendeu quase mais 50.000 automóveis, batendo o recorde anterior, fixado entre janeiro e outubro de 2018.

autonews.pt @ 8-11-2019 15:48:18

Em outubro, as vendas da SEAT mantiveram a mesma tendência otimista de setembro e voltaram a crescer acima de 30%. Em concreto, a empresa vendeu 43.900 veículos, mais 31,3% (2018: 33.400).

Este crescimento deve-se, em parte, ao efeito da entrada em vigor das normas WLTP em setembro de 2018, que resultaram num forte incremento das vendas anteriores a essa data e uma descida nos meses seguintes. A SEAT também registou o melhor mês de outubro da sua história, superando o resultado de 2017 (40.200).


As vendas mundiais da SEAT progridem de forma sólida, impulsionadas principalmente pelos resultados da Alemanha, França e Itália. Na Alemanha, a SEAT entregou mais automóveis (115.100; +17,4%) entre janeiro e outubro últimos do que em todo o ano de 2018, tendo obtido o seu maior volume de vendas da história neste país. A França, por outro lado, é já o quarto mercado com mais vendas SEAT (31.300, +20,6%), e a seguir está a Itália, com 22.600 automóveis entregues (+28,1%). Mas a SEAT também continua a crescer em Espanha e no Reino Unido, conseguindo-o contra a tendência do setor nestes países. Em Espanha, o aumento das vendas chegou a 1,7% (94.900 automóveis), enquanto no Reino Unido o crescimento aproxima-se dos 10% (59.700, +9,1%).

As vendas da SEAT sobressaem noutros países europeus, e entre os que crescem acima dos 20%: Suíça (11.000, +21,9%), Países Baixos (9.800, +26,8%), Suécia (7.600, +27,4%) e Dinamarca (6.300, +51,6%). Como na Alemanha, a SEAT também ultrapassou todo o resultado de 2018 na Suíça, obtendo o maior volume histórico. Além destes, a empresa automóvel soma também subidas notáveis no México (20.300; +6.3%), Áustria (18.300; +8,6%), Portugal (9.500; +11,6%) e Irlanda (4.100; 11,3%).

autonews.pt @ 8-11-2019 15:48:18


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades