Peugeot liderou vendas em Outubro

Os 3 SUV da marca lideram os respetivos segmentos

A Peugeot foi a marca que mais automóveis de Passageiros comercializou no mês de outubro (1.678 unidades), à semelhança do que aconteceu em setembro. Em contraciclo ao mercado português, a marca aumentou as suas vendas VP 6,1% e teve o melhor registo das 5 primeiras marcas do ranking, num mercado que caiu 12,2% este mês.

autonews.pt @ 9-11-2018 13:54:53

A Peugeot liderou também as vendas no mercado total de Ligeiros e Comerciais Ligeiros com 2.180 unidades, que lhe dão uma quota de mercado de 12,7% contra 11,3% no período homólogo de 2017.

Num equilíbrio assinalável de vendas de uma gama complementar e bastante coesa, a Peugeot beneficia de outro importante trunfo, transversal às marcas do Grupo PSA, de já disponibilizar aos seus clientes todos os modelos de Passageiros com motores homologados no ciclo WLTP.

O Grupo PSA soube antecipar-se às exigências da nova norma Euro 6.2 e atualizou a gama de motores meses antes da sua entrada em vigor, demonstrando assim o compromisso com o meio ambiente e evitando o impacto da nova situação na atividade comercial das suas marcas.


Liderança em Veículos de Passageiros

Em outubro, a Peugeot repetiu o feito do mês anterior e manteve o estatuto de líder no mercado nacional de Veículos de Passageiros, aproveitando um leque de modelos equilibrado e coeso. Destaque-se o contributo da sua gama SUV – 2008, 3008 e 5008 – três modelos que lideraram os respetivos segmentos.

Neste 10º mês de 2018, a Peugeot matriculou 1.678 viaturas VP, mais 6,1% do que em outubro de 2017, em contraponto a um mercado que caiu 12,2%. Garantiu, com esta performance, uma quota de 12%, superior em 2 pp à de há um ano.

Cerca de 50% desse volume cabe à gama SUV Peugeot: o SUV 2008, com 430 matrículas, teve o estatuto de “mais vendido”; o SUV 3008 teve 283 vendas e o SUV 5008 teve 117 unidades. Este trio complementou os volumes dos restantes modelos mais vendidos, do citadino 208 (356 unidades) e do familiar 308/308 SW (385).

Também no acumulado de 2018 é clara a dinâmica da marca, com a comercialização, até à data, de 19.645 automóveis de Passageiros, num crescimento sustentado de 10% face ao período homólogo de 2017, aqui praticamente duplicando o crescimento do mercado (4,9%). A sua quota é, atualmente, de 10%, mais 0,5 pp do que no período homólogo de há um ano. O líder de vendas é, de momento, o Peugeot 208 (5.769 unidades), seguindo-se o SUV 2008 (4.368) e o 308 (3.919). Espelhando o equilíbrio transversal das vendas Peugeot, os SUV 3008 e 5008 contam com volumes acumulados de 2.836 e 1.044 unidades.

No mercado VCL de outubro, a Peugeot matriculou 502 unidades, com a habitual representatividade do Partner (419 unidades), modelo que, com a sua nova geração (em fase de lançamento no nosso país), virá reforçar o potencial da marca. Este popular modelo conta, à data e em termos acumulados, com 4.533 matrículas, do total de 5.368 viaturas comerciais registados desde o início de 2018.

As vendas Peugeot no mercado VCL, nos primeiros 10 meses do ano, cresceram 7,2%, de novo quase duplicando o mercado (3,8%), garantindo-lhe uma quota de 17% (+0,5 pp).


Peugeot em contraciclo num mercado em queda significativa

No conjunto do mercado VP+VCL, a Peugeot registou, em outubro, uma quota de mercado de 12,7% (+1,4 pp) equivalente a 2.180 viaturas, volume 1,7% superior ao de há um ano, isto num mês em que o mercado nacional caiu 9,7%.

No acumulado, mantendo o aumento sustentado das suas vendas, a Peugeot já matriculou este ano um total de 25.013 unidades (+9,4% face a igual período de 2017), num mercado que cresce cerca de metade (4,8%). A quota de mercado da marca é de 11% (+ 0,5 pp).

autonews.pt @ 9-11-2018 13:54:53