Mobilidade livre de emissões: Bosch e Qingling Motors nas células de combustível

Processo inicia com frota de test com veículos pesados

A Bosch a dar o próximo passo no que diz respeito às células de combustível como solução para uma mobilidade livre de emissões, à medida que ganha uma preponderância cada vez maior a nível global. Em conjunto com o fabricante de veículos comerciais premium Qingling Motors, a empresa estabeleceu uma joint venture na China, designada Bosch Hydrogen Powertrain Systems.

autonews.pt @ 14-4-2021 17:06:54

A nova empresa irá desenvolver, montar e comercializar sistemas de célula de combustível - os chamados Módulos de Energia de Célula de Combustível - para o mercado chinês. O objetivo é reunir a tecnologia e experiência de mercado de ambos os parceiros e contribuir para o desenvolvimento do mercado chinês de células de combustível e para a transformação da indústria automóvel local.

De acordo com o Energy Saving and New Energy Vehicle Technology Roadmap 2.0 da Sociedade Chinesa de Engenheiros Automóveis (China-SAE), mais de um milhão de veículos com sistemas de célula de combustível podem vir a ser registados na China até 2030.


A joint venture tem como objetivo fornecer todos os fabricantes de veículos chineses com sistemas de células de combustível. Os componentes necessários para isso, como pilha de células de combustível, compressor de ar com eletrónica de potência e unidade de controlo com sensores, têm como origem a Bosch, principalmente a fábrica de Wuxi.

A produção em pequena escala irá começar nessa fábrica este ano. Também em 2021, uma frota de teste de 70 camiões Qingling equipados com o Módulo de Célula de Combustível da Bosch irá fazer-se à estrada.

O lançamento comercial no mercado do sistema de célula de combustível está previsto para 2022/2023.

autonews.pt @ 14-4-2021 17:06:54


Clique aqui para ver mais sobre: Sabia que, Curiosidades sobre Carros / Automóveis