Bosch assume o controle total da EM-motive

Empresa fabricante de motores elétricos

A Bosch agora assume o controle total do EM-motive, um dos fabricantes de motores elétricos mais bem-sucedidos da Europa. A Bosch e a Daimler criaram em 2011 a EM-motive uma joint-venture em 2011, detida em 50% por cada um dos fundadores. Desde então, esta empresa fabricou cerca de 450.000 motores elétricos. 

autonews.pt @ 29-1-2019 13:33:17

"Para a Bosch, a aquisição completa do EM-motive é o próximo passo lógico no caminho para se tornar líder de mercado em eletromobilidade. É uma oportunidade para estabelecer uma presença ainda mais ampla no mercado ", diz o Dr. Stefan Hartung, membro do conselho de administração da Robert Bosch.

Desde o estabelecimento da Joint Venture, a Bosch garantiu uma opção para adquirir a totalidade das ações da EM-motive.

Os motores da EM-motive equipam modelos das marcas Daimler, Porsche, Fiat, Volvo, Peugeot e StreetScooter, entre outros. Com este movimento a empresa vai poder avançar para novos clientes e mercados", diz o Dr. Mathias Pillin, membro da gerência executiva da Powertrain Solutions responsável pelo segmento de mercado de veículos elétricos. A aquisição das ações está sujeita à aprovação das autoridades da concorrência.


As duas partes concordaram em não divulgar os valores compra ou a aquisição. A joint venture EM-motive foi criada para tornar econômico para os dois parceiros entrarem no fabrico de componentes de motores elétricos: puderam partilhar o custo elevado de capital para desenvolver e fabricar motores elétricos de raiz, mas esta parceria bem sucedida permitiu que a Bosch e a Daimler entrassem muito cedo na produção de motores elétricos.

O motor é um componente-chave no sistema de motorização e transmissão dos veículos elétricos: quanto mais eficiente for o seu funcionamento, menos energia consome, o que significa não apenas maior autonomia, mas também custos de utilização significativamente mais baixos.


autonews.pt @ 29-1-2019 13:33:17