Travões terminam com corrida de Henrique Chaves

Falha mecânica provoca embate

Henrique Chaves viu a sua participação nas 6 Horas de Monza terminar de uma forma dramática, com uma falha mecânica a provocar um violento acidente do qual, felizmente, saiu incólume.

autonews.pt @ 12-7-2022 15:51:13

A equipa do Aston Martin Vantage AMR número trinta e três tinha aspirações elevadas para a quarta etapa do Campeonato do Mundo de Endurance, depois de ontem ter conseguido o segundo posto entre os GTE Am na qualificação.

A corrida começou de feição para o carro da TF Sport, com Ben Keating a assumir o comando ainda durante o seu turno de condução.

Com um ritmo fortíssimo entre os carros da frente, Henrique Chaves imprimiu um andamento intenso a partir do primeiro lugar durante o seu “stint” com o intuito de manter a sua vantagem.

No entanto, quando completava a septuagésima quarta volta, ao aproximar-se da Variante della Roggia a mais de 250 Km/h, quando tentou accionar os travões estes não funcionaram, vendo-se o português envolvido num violento despiste, com o Aston Martin a capotar, parando junto aos rails da saída da chicane sobre o seu tejadilho.

Apesar da violência do despiste, Henrique Chaves deixou o carro inglês, bastante danificado, pelos seus próprios meios e, depois de ter passado pelo hospital do circuito, teve alta imediatamente, não padecendo de qualquer problema físico.


“Foi um impacto muito forte, mas estou bem, a célula de sobrevivência do carro protegeu-me e consegui sair pelo meu próprio pé sem qualquer problema. Não tenho qualquer questão física, para além de umas nodoas negras, e isso deve-se ao fantástico trabalho realizado pela Aston Martin, que criou um carro performante e muito seguro”, apontou o jovem de Torres Vedras.

Apesar do final preocupante e prematuro da sua corrida, Henrique Chaves ainda assim verifica alguns aspetos positivos e mostra-se confiante para as próximas etapas do mais importante campeonato de resistência do planeta. “A TF Sport realizou um trabalho fantástico, entregando-nos um carro muito competitivo, apesar de carregarmos quarenta quilogramas de lastro. Acredito que, sem o acidente, poderíamos vencer. No entanto, estamos ainda no comando do campeonato e vamos para Fuji determinados em lutar pela vitória e ampliar a nossa vantagem”, concluiu o português.

A próxima ronda do Campeonato do Mundo de Endurance realiza-se em Fuji, Japão, no dia 11 de Setembro.

No entanto, já no próximo dia 30 de Julho Henrique Chaves disputa as clássicas 24 Horas de Spa-Francorchamps.


autonews.pt @ 12-7-2022 15:51:13


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT