Henrique Chaves revê temporada de títulos e perspetiva o futuro

Depois de uma grande estreia na GT World Challenge Europe

Henrique Chaves protagonizou este ano uma estreia memorável na GT World Challenge Europe, conquistando títulos num dos mais competitivos campeonatos de GT do mundo. Para 2022 o jovem de Torres Vedras aposta na continuidade, mas não deixa de olhar para novas paragens.

autonews.pt @ 27-12-2021 16:55:26

Qual o balanço que fazes desta temporada?

Henrique Chaves: Esta temporada de 2021 foi sem dúvida alguma uma temporada de sucesso. Dois títulos de Campeão, assim como onze pódios em quinze corridas, só posso descrever como incrível. Foi o primeiro ano no GT World Challenge Europe, mas foi uma época cheia de triunfos em que a chave foi a nossa consistência como equipa. Obviamente há espaço para melhorias e certamente os pontos menos bons desta temporada são prioridades para melhorar no futuro.

Qual foi o melhor momento da temporada?

Henrique Chaves: O melhor momento é difícil de escolher. Claramente, a conquista dos dois títulos foi algo indescritível, mas quero enaltecer duas corridas. Uma é as 24 Horas de Spa-Francorchamps, que foi a minha primeira prova de vinte e quatro horas e conseguimos um fantástico terceiro lugar, depois de nos vermos envolvidos em alguns acidentes, conseguimos recuperar e cruzar a meta em terceiro. O outro grande momento foi a última corrida, em Barcelona, em que, depois de estarmos em último quase a sermos dobrados, conseguimos uma recuperação fantástica até segundo para fechar o título global do GT World Challenge Europe. Foi sem dúvida uma corrida de loucos.

Depois desta temporada, que aspecto consideras ter de melhorar para o futuro?

Henrique Chaves: Um dos aspetos onde me irei focar na próxima temporada é no ritmo de corrida. Este ano foi bom, mas sei que há margem para progredir e é, provavelmente, o ponto mais importante nas corridas de endurance.

Quais são os teus planos para 2022?

Henrique Chaves: Para já, não está nada confirmado, mas voltar a correr no GT World Challenge Europe Endurance Cup é algo que tenciono fazer em 2022 e, se puder juntar a este programa mais um campeonato, seria ideal. Poderia ser a Sprint Cup, mas gostava de me focar a 100% no endurance e por isso olho para o ELMS e o WEC como algo que desejaria. Mas vamos ver o que o futuro nos traz.

autonews.pt @ 27-12-2021 16:55:26


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT