Líderes do CPR, Araújo e Ramalho procuram vencer o Rali Vidreiro

Um olho na vitória e outro no título nacional

A Marinha Grande recebe, na próxima sexta-feira e sábado, a sétima e penúltima prova do Campeonato de Portugal de Ralis, e poderá ser o palco das grandes decisões no que toca as contas do título da temporada de 2021. Armindo Araújo e Luís Ramalho partem como líderes da classificação, e com vantagem pontual que abre a possibilidade de resolverem, já aqui, a contenda a seu favor.

autonews.pt @ 13-10-2021 17:44:00

Depois da excelente vitória alcançada, há quinze dias em Fafe, a dupla do Skoda Fabia R5 parte para o Rali Vidreiro/Centro de Portugal/Marinha Grande com a mesma ambição de sempre e determinada em lutar pelo objetivo de revalidar o título. “Demos, há duas semanas, um passo importante para conseguirmos chegar a esta prova com uma vantagem mais dilatada na liderança, e isso permite-nos agora pensar em chegar já à conquista do campeonato. Mantemos o mesmo foco, a mesma atitude e vamos lutar por vencer o Rali Vidreiro como fizemos em todas a provas até aqui”, começa por dizer Armindo Araújo.

Uma vitória é suficiente para dar o título a Armindo Araújo e Luís Ramalho

Uma vitória será o bastante para que as contas do título fiquem já resolvidas, mas essa equação é, para o Team Armindo Araújo/The Racing Factory, uma possibilidade que apenas é vista como um fator motivacional extra. “Não existe dentro de toda a equipa nenhuma pressão adicional pelo facto de podermos chegar já ao nosso grande objetivo. Logicamente que queremos muito ser campeões, mas não vamos correr riscos que possam comprometer essa possibilidade. A matemática joga neste momento a nosso favor e vamos manter a mesma estratégia para que, após este rali, estejamos na frente. O título, estamos de olho nele obviamente!”, disse ainda o piloto de Santo Tirso.

A prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande é composta por duas etapas e um total de sete provas especiais de classificação, a disputar entre sexta-feira e sábado. No primeiro dia, para além do habitual Treino Livre e Qualificação, esta reservada uma passagem pela especial de Super São Pedro de Moel (19.5 km). Na segunda etapa, dupla visita a Mata Mourisca (16.22 km), Amor (9.35 km) e São Pedro de Moel (12.79) completam o figurino da prova.

autonews.pt @ 13-10-2021 17:44:00


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT