Henrique Chaves: Título Europeu de GT pode alavancar o futuro

Os pontos de vista do piloto

Henrique Chaves confirmou este ano o seu valor com a conquista do título de pilotos do International GT Open, um troféu que tem um significado profundo e poderá abrir portas para um futuro que começa já em 2021.

autonews.pt @ 4-1-2021 10:51:11

Foi uma temporada exigente, dadas as circunstâncias em que vivemos presentemente. Com que espírito iniciaste o campeonato?

Henrique Chaves: “Enfrentei com o foco de ganhar! Nada mais! Nas viagens tinha cuidado e andava bem protegido, mas assim que chegava ao circuito a COVID-19 era apenas um tema de conversa.”


Já conhecias a Teo Martín Motorsport e o McLaren 720S GT3, mas tiveste no Miguel Ramos um novo colega de equipa para a totalidade da temporada. Como correu esta novidade?

Henrique Chaves: “Tinha corrido com o Miguel no final de 2019, na GT Cup dos FIA Motorsport Games, e a experiência foi fantástica. Depois surgiu a oportunidade de fazermos o International GT Open juntos e lutar pela vitória, o que me deixou bastante satisfeito e entusiasmado desde o início.”

O que significa para ti o título de Campeão de Pilotos da International GT Open?

Henrique Chaves: “Este título tem bastante significado visto que foi o meu primeiro, foi com um carro que adoro e com um companheiro português, mas é apenas uma prova do meu talento e daquilo que posso fazer ao volante de um carro de competição!”


Depois do título deste ano, quais são os teus planos para a próxima temporada?

Henrique Chaves: “Os meus planos são conquistar mais títulos, mostrar o meu valor e tornar-me profissional. Em termos de campeonatos, penso que o salto lógico para alcançar estes objetivos é passar para o GT World Challenge Europe. Esse é o objetivo, mas ainda nada está confirmado! Vamos esperar para ver como se desenvolve a questão do novo coronavírus na Europa e que constrangimentos haverá.”

autonews.pt @ 4-1-2021 10:51:11


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto, Formula 1, Ralis, Pista, TT