Michelin com nova geração de pneus em parceria com a Hyundai

Para veículos elétricos

Durante mais de 100 anos, a Michelin foi pioneira em inovações para superar os desafios que representa alcançar uma mobilidade sustentável. Já em 1899, a Michelin desenvolveu os pneus do La Jamais Contente, o primeiro veículo a superar uma velocidade de 100 km/h, e que era propulsionado por um motor elétrico. 

autonews.pt @ 23-6-2022 17:33:30

Desde então, a Michelin inova constantemente para desenvolver pneus que reduzam as emissões de dióxido de carbono, minimizando a quantidade de matéria-prima necessária no seu fabrico, porém, mantendo o máximo nível de performance, duração e eficácia até ao final de vida do pneu.

O compromisso da Michelin, através da sua estratégia “Tudo Sustentável”, é que, em 2030, todos os seus pneus sejam fabricados com 40% de materiais biodegradáveis e de origem ecológica, e elevar essa cifra até alcançar 100% em 2050. Para tal, e sempre com o objetivo de continuar a ser líder na mobilidade sustentável, a Michelin conta com 7 centros de investigação e desenvolvimento, nos quais trabalham mais de 6000 pessoas dedicadas a I+D em 350 áreas de especialização, e mantém acordos de colaboração com fabricantes de automóveis e com empresas de referência em inovação e tecnologia.

Uma evidência é a parceria iniciada com o Hyundai Motor Group, em 2017, para intercambio de tecnologia, e para o desenvolvimento dos pneus destinados ao Hyundai IONIQ 5 de propulsão elétrica, que agora se prolonga por mais três anos. A assinatura do prolongamento do acordo teve lugar no passado dia 17 de junho, no Centro de Investigação da Hyundai em Namyang (Coreia do Sul), num ato que contou com a presença de Bong-soo Kim, responsável do Centro de Desenvolvimento de Chassis do Hyundai Motor Group, e de Georges Levy, responsável de Equipamento de Origem para Automóveis da Michelin.

Ao longo destes três anos, a colaboração irá centrar-se no desenvolvimento de pneus com uma maior percentagem de materiais sustentáveis e otimizados para adaptarem-se às características das futuras gerações de veículos elétricos. Também está contemplado o desenvolvimento de um sistema de monitorização dos pneus em tempo real, que permitirá aos fabricantes de automóveis continuar a progredir na tecnologia de condução autónoma.


Michelin, a marca do presente e do futuro para os utilizadores de veículos elétricos

Devido ao binário instantâneo dos motores elétricos, e ao peso das baterias, cada vez com maior capacidade, os pneus dos veículos de propulsão elétrica estão submetidos a maiores cargas e a um maior desgaste. Ao mesmo tempo, a resistência ao rolamento desempenha um papel decisivo, tanto em termos de consumo de energia e de autonomia, como de ruído, aspetos decisivos para os utilizadores de veículos elétricos.

A Michelin já enfrentou com êxito o desafio que representa desenvolver pneus para veículos elétricos, em que plasmou o seu carácter pioneiro e a sua liderança tecnológica, assim como a experiência adquirida na Fórmula E, o campeonato de monolugares elétricos de que a Michelin é parceria desde a primeira temporada, disputada em 2014.

Os pneus MICHELIN e.Primacy e MICHELIN Pilot Sport EV são um claro exemplo disso mesmo. O MICHELIN e.Primacy é um pneu ecológico, concebido para reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2, oferecer a máxima segurança com uma excelente duração, e prolongar a autonomia dos veículos híbridos, elétricos e com motor de combustão.

Por seu turno, o MICHELIN Pilot Sport EV é um pneu de altas prestações para veículos elétricos, que protege o meio ambiente sem renunciar ao prazer de condução.

Adicionalmente, a Michelin também desenvolveu um pneu específico para autocarros elétricos, o MICHELIN X INCITY1 EV Z, que melhora a resistência ao rolamento e a durabilidade. E cerca de 50% dos pneus de bicicleta MICHELIN estão já preparados para a sua utilização em e-bikes.

autonews.pt @ 23-6-2022 17:33:30


Clique aqui para ver mais sobre: Carros elétricos - notícias e tecnologia