Nissan reforça presença nas frotas de automóveis elétricos

Nissan LEAF continua líder com 1556 unidades vendidas em Portugal

Líder nacional de vendas de automóveis elétricos, a Nissan continua a reforçar a sua presença nas frotas das empresas e entidades públicas portuguesas, numa altura em que se torna cada vez mais frequente a mudança nas frotas das empresas e dos organismos públicos para os benefícios da mobilidade com emissões zero.

autonews.pt @ 27-12-2019 15:04:31

Entre as mais recentes a converterem as suas frotas para veículos com emissões zero da Nissan, destaque para a Associação Mutualista Montepio Geral, a Lacovale e a eCooltra, bem como a continuada aposta de municípios em todo o país, e passando por empresas de telecomunicações, tecnológicas de referência e operadoras logísticas.

Os Nissan 100% elétricos estão a ajudar o mercado empresarial no seu caminho para um futuro mais sustentável, quer do ponto de vista ambiental, quer de negócio e o Diretor-geral da Nissan em Portugal, Antonio Melica, afirma: «A Nissan lidera uma irreversível mudança rumo à eletrificação da mobilidade, uma mobilidade mais limpa, sustentável e também mais entusiasmante. Atualmente, em Portugal, os condutores de automóveis 100% elétricos da Nissan evitam diariamente a emissão de 21 toneladas de CO2, ou seja quase 8 mil toneladas por ano. Este contributo para a descarbonização é feito em grande parte pelas empresas que optaram pelo LEAF e e-NV200 e que assim juntam este benefício para o ar que respiramos, às vantagens de utilizarem automóveis com custos de utilização muito mais baixos que as alternativas a combustíveis fósseis».

A Mobilidade Inteligente Nissan está a guiar os passos da marca em direção a um futuro mais sustentável, redefinindo a forma como os automóveis são alimentados, conduzidos e integrados na sociedade.

«Assumimos os nossos compromissos e trabalhamos para fazer acontecer. Temos as ferramentas e o know-how para colaborar com as empresas e as instituições na implementação dos seus planos de sustentabilidade, contribuindo para melhorar a sua rentabilidade e simultaneamente, para a descarbonização das cidades», aditou Antonio Melica.

A Nissan e-NV200 herda do furgão que lhe serve de base a capacidade de carga líder na classe e junta-lhe custos de utilização reduzidos e ausência de emissões e ruído na utilização, vantagens relevantes para a utilização urbana pretendida por muitas empresas.

Na sua versão furgão, a e-NV200 possui um volume de carga de 4,2m3 que permite o transporte de duas euro paletes e conta com portas deslizantes e porta traseira com dobradiça superior, para assegurar cargas e descargas simples e rápidas. Aliada à ausência de ruido de funcionamento, estas características contribuem para um elevado nível de conforto na operação.

Oferecendo praticabilidade e conforto de condução, o Nissan LEAF e a e-NV200 constituem opções verdadeiramente viáveis para operadores de frota, que reconhecem que na sua decisão foram fundamentais os custos de manutenção reduzidos e um custo de utilização total inigualável.

A Nissan é o maior fabricante mundial de veículos elétricos, sendo o Nissan LEAF o veículo elétrico mais vendido de sempre, com mais de meio milhão de unidades na estrada. Também em Portugal o Nissan LEAF – que recentemente foi reforçado com a chegada do LEAF e+, com bateria de 62kWh e autonomia de 528km em ciclo urbano (WLTP) – continua a ser líder com 1.556 unidades vendidas de Janeiro a Novembro deste ano e quase 4,5 mil unidades nas estradas nacionais.

O Nissan LEAF está disponível em Portugal com preços recomendados a partir de 25.125 euros + IVA e a Nissan e-NV200 está disponível com preços recomendados a partir de 25.400 euros + IVA.

As empresas têm atualmente os seguintes benefícios fiscais na aquisição e utilização de automóveis 100% elétricos com preços até ao limite de 62.500 euros:

. Isenção de tributação autónoma

. Dedução de 100% do valor do IVA referente à aquisição

. Dedução de 100% dos custos da energia, reparação e de manutenção

. Depreciação do custo total das viaturas em sede de IRC

autonews.pt @ 27-12-2019 15:04:31


Clique aqui para ver mais sobre: Carros elétricos - notícias e tecnologia