Nova Ranger Raptor na Baja 1000

Uma jornada global para a divisão Ford Performance

Quando, no próximo dia 18 de novembro, a nova Ford Ranger Raptor alinhar à partida da lendária “SCORE -International Baja 1000”, tal irá marcar o regresso de um dos modelos mais vencedores desta competição.

autonews.pt @ 17-11-2022 13:17:03

Só o chegar à linha de partida revelou-se um grande exemplo dos esforços globais da Ford Performance, processo em que se reuniram equipas de competição e engenheiros da Ford da Austrália e dos EUA para dar vida ao programa.

A Ford Ranger foi a dominadora desta Baja ao longo dos anos ‘80 e ’90 do século passado, nomeadamente pelas mãos de Manny Esquerra, conhecido como “King of the Desert”, ele que garantiu, em diferentes classes, um total de seis troféus “Baja 1000” entre 1981 e 1990. Depois, em 1991, a Ford estruturava a equipa de fábrica Ford/BF Goodrich Rough Riders, vencendo a edição do ano seguinte através dos irmãos Paul e David Simon.

As referências aos sucessos deste recheado passado são, agora, expressos na decoração desta nova Ranger Raptor, naturalmente sem esquecer uma dedicatória ao entretanto falecido Esquerra, bem como ao facto de esta pick-up ter sido enviada da Austrália para competir na presente edição da Baja 1000, no México.

A nova Ranger Raptor foi desenhada e projetada por uma equipa global de especialistas. Como esta prova é considerada como uma “casa espiritual” da Ford Performance – até mesmo por ir buscar essa denominação para batizar um dos modos de condução da nova Ranger – torna-se no local perfeito para a estreia global da nova Ranger Raptor de competição.

Hoje denominada “SCORE International Baja 1000”, a prova tem-se mostrado um exigente campo de testes para as diferentes versões da Ranger Raptor, como a F-150 Raptor “Stock” que, em 2017, venceu a sua classe, regressando depois a casa, ou até o processo de desenvolvimento e certificação, em 2019-20, da atual versão de produção do modelo Bronco, ou ainda a lendária vitória de 1969, igualmente com um modelo Bronco.

Tal como a F-150 Raptor vencedora da classe em 2017, a nova Ranger Raptor foi construída para integrar a categoria “Stock” da Baja 1000, tendo sido projetada para demonstrar a capacidade dos veículos do tipo “stock street”. Isto significa que o seu V6 biturbo de 3.0L, transmissão automática de 10 velocidades, sistema de direção e suspensão são todos de homologação “Stock”.

"A nova Ranger Raptor representa muito para todos nós, é uma plataforma global e a Baja é uma competição icónica, pelo que estamos ansiosos para poder demonstrar o que a Ranger Raptor pode alcançar numa das corridas mais difíceis do mundo", disse Brian Novak, Supervisor de Motorsport Off-road, Ford Performance. "A Ford tem, nesta Baja, um historial de sucessos tão grande e com tantos modelos diferentes, pelo que, como parte de um esforço global, planeámos dar continuidade a esse sucesso este ano com a nova Ranger Raptor."

"A Baja 1000 é conhecida em todo o mundo como uma das mais difíceis corridas de off-road do planeta", referiu Justin Capicchiano, Diretor de Special Vehicles Engineering, Ford Performance, na Austrália. "Já é uma prova exigente para se correr com um qualquer veículo, mais o é com um modelo de produção, sendo que a Ranger Raptor que estamos a inscrever não está muito longe da versão que se conduzir a partir de um stand de um concessionário. Queremos demonstrar a capacidade absoluta desta pick-up numa das mais exigentes competições de off-road, para que os nossos clientes possam ter total confiança na sua Ranger Raptor."

Neste seu regresso à Baja 1000, a Ranger Raptor de competição será conduzida pelos veteranos Brad Lovell, Loren Healy e Jason Hutter. Também a partilhar o cockpit estará a dupla composta por pai e filho Andy e Danny Brown, que vivem e respiram o mundo do off-road, nomeadamente no negócio de acessórios de pós-venda ARB, na Austrália. O trabalho de supervisão da equipa está a cargo de Curt LeDuc, nome grande deste universo e cujo nome consta do “Off-road Motorsports Hall of Fame”.


Os preparativos da Ranger Raptor para a Baja 1000

Foi na Austrália que a Ford Performance trabalhou com a Kelly Racing na preparação da nova Ranger Raptor para a Baja 1000. Seguindo as regras da classe “Stock Mid-size” da SCORE, as modificações centraram-se nos elementos de segurança no veículo e da tripulação, nas jantes e pneus, iluminação de condução e segurança, nas proteções inferiores e do veículo e na instalação de célula de combustível de 160 litros na caixa de carga.

Com uma janela de 10 semanas para tirar uma unidade Raptor Ranger da linha de produção e transformá-la numa pick-up pronta para a competição, "o processo foi intenso", disse Todd Kelly, diretor da equipa Kelly Racing. "A equipa da Ford Performance na Austrália e nos EUA foi fantástica e ainda que as noites tenham sido longas, estou deveras feliz por me ter envolvido neste projeto."

"Já tinha ouvido muitas histórias sobre esta Ranger Raptor, mas foi só quando a conduzi que me apercebi do quão impressionante ela é. O seu motor, chassis e suspensão foram construídas para uma Baja, pelo que tudo o que tínhamos de fazer era trabalhar dentro das regras da classe e encaixar, na caixa de carga, o sistema de combustível e o equipamento de segurança", referiu Kelly.

Tive a sorte de a conduzir durante muito tempo aquando do shakedown na região do Outback e fiquei perfeitamente impressionado com a capacidade ‘fora da caixa’ desta pick-up. Sabia que estava a exigir o máximo possível dela através das dunas e dos trilhos cavados, mas, no entanto, ainda sentia que a pick-up tinha muito mais para dar."

Formação de estrelas ao volante da Ranger Raptor na Baja 1000

Nome grande do “Off-road Motorsports Hall of Fame” e diretor da Lovell Racing, uma das estruturas de competições off-road da Ford Performance, Brad Lovell foi recrutado para ajudar a desenvolver a Ranger Raptor de competição nos EUA, sendo também escolhido para ser um dos seus pilotos na competição. Acrescente-se que Lovell conquistou, recentemente, o título na classe “Ultra4 4600” nos campeonatos nacionais de 2022, ao volante de um Ford Bronco. Já vencedor, por seis vezes, da classe na “SCORE International Baja 1000” estava delirante por ter sido selecionado para ajudar nos preparativos para a Ranger Raptor de competição, bem como para a escolha dos restantes pilotos.

“Adoro a Baja e estou realmente orgulhoso de trabalhar com a Ford Performance neste projeto,” afirmou Lovell. "Quanto à pick-up, foi construída pela Kelly Racing, na Austrália, chegando depois, por avião, à Califórnia. Uma vez chegada, fomos diretamente para Johnson Valley, para uma sessão de testes, onde contámos com o apoio dos nossos bons amigos da Huseman Engineering. Todos os que a conduziram ficaram impressionados, mas tendo volante à direita, todos precisámos de uma pequena ‘reprogramação’ em termos de a conduzir desse lado, de modo a evitar o contacto com as rochas.”

"Juntamente com a Ford Performance, reunimos uma grande estrutura para nos ajudar na corrida, do distinto Curt LeDuc, que vai comandar a equipa a partir do quartel-general, até Dan Huseman, que tem trabalhado na pick-up aqui nos EUA, passando por Loren Healy e Jason Hutter, ambos grandes pilotos e com muitas vitórias no off-road. Também é um verdadeiro prazer poder contar com a família Brown."

"E tem sido também ótimo trabalhar com o pessoal da equipa global da Ford Performance, apoiando-nos no terreno, aqui na Califórnia, com o seu know-how, tanto na Baja como na Ranger Raptor, num processo inestimável", sublinhou Lovell.


Parcerias com os melhores

No que diz respeito ao desenvolvimento do veículo base para ajudar a preparar a nova Ranger Raptor para a Baja, a Ford Performance contactou empresas que tiveram um papel intrínseco no desenvolvimento da versão de estrada.

"Trabalhámos com parceiros que ajudaram no desenvolvimento do modelo de série, uma vez que têm essa compreensão sólida dos seus atributos e, portanto, das potenciais alterações necessárias para lidar com as condições difíceis no México", referiu Andrew Philpott, director comercial da Ford Performance, na Austrália.

"Como muitos dos nossos parceiros contam com uma vasta experiência em competições de off-road, não só registámos um avanço considerável nos trabalhos que precisavam de ser feitos, como podíamos basear-nos nessa experiência e orientações para acelerar o desenvolvimento dos veículos."

Envolvida no desenvolvimento dos acessórios para a nova Ranger e para a Everest desde o início, Danny Brown, Diretor Regional de Exportação da ARB, foi um dos primeiros colaboradores deste projeto, partilhando toda a sua experiência destas competições de fora de estrada com a Ford Performance, durante as fases de planeamento e construção da Ranger Raptor de competição.

Danny Brown será outro dos pilotos da Ranger Raptor, sendo acompanhado pelo seu pai Andy Brown, Diretor Geral da ARB. "A ARB orgulha-se desta parceria com a Ford na sua busca pela conquista da exigente Baja 1000 com a nova Ranger Raptor", disse Andy Brown. "A ARB conta com uma longa e histórica relação com as competições de off-road que remonta aos anos ’70; conhecemos, por experiência própria, os benefícios que o consumidor final obtém a partir do conhecimento adquirido quando se colocam produtos em ambientes extremos, testando-os até aos seus limites."

Em termos de lubrificantes, a Ranger Raptor conta com combustíveis biológicos de baixo teor de carbono da Shell, que integram mais de 30% de componentes biológicos e sustentáveis. "Como companhia global do setor energético, temos como objetivo potenciar o progresso em conjunto, fornecendo novas e mais limpas soluções energéticas ", disse Selda Gunsel, VicePresidente de Tecnologia de Combustíveis e Lubrificantes da Shell. "Providenciar mais energia com uma redução ao nível das emissões é um enorme desafio, mas reconhecemos que várias soluções, incluindo biocombustíveis de baixo teor de carbono, serão necessárias para atingir esse objetivo."

A Ford Performance conta ainda com um apoio e orientações inexcedíveis de outras colaborações ao longo do projeto, nomeadamente das equipas e especialistas da Herrod Performance, Kelly Racing, Method Race Wheels, FOX, BF Goodrich, Racetech, Garret, PWR, TRW, MoTeC e Proloom Motorsport.

O arranque desta campanha da nova Ranger Raptor de competição na “SCORE - International Baja 1000” em Enseñada, no México, está agendado para esta sexta-feira, dia 18 de novembro

autonews.pt @ 17-11-2022 13:17:03


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades