1ª Edição do Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos foi um sucesso

Reuniram-se 40 Mercedes-Benz históricos e 100 participantes

A primeira edição do Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos foi um sucesso. O evento, que se realizou no final de setembro, contou com mais de 100 participantes a bordo de quase 40 automóveis históricos Mercedes-Benz. No final, foi “reclamada” uma nova edição em 2023.

autonews.pt @ 28-9-2022 17:13:59

O passeio, organizado pela Sociedade Comercial C. Santos em parceria com a Motorbest Tours e com o apoio do Mercedes-Benz Club Portugal, reuniu à partida, nas instalações da Maia-Aeroporto do representante Mercedes-Benz, alguns dos mais emblemáticos modelos da história da marca. Um 190 SL (W121) de 1957, um 250 CE (W114 Coupe) de 1971, um 300 SEL 6.3 (W109) de 1970, um 300 GD (Classe G) de 1984 ou um 280 SE (W108) de 1972 são apenas alguns exemplos dos automóveis que desfilaram no primeiro Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos.

Após receção dos participantes, a caravana arrancou da sede da Sociedade Comercial C. Santos, seguindo por algumas das estradas mais celebradas do Norte de Portugal, entre as quais a EN 108, a caminho do Centro Interpretativo e ruínas romanas de Tongobriga (no Marco de Canaveses).

Aí chegado, o grupo fez uma visita guiada à Área Arqueológica do Freixo, centrada na observação das ruínas pré-romanas e romanas de Tongobriga, datáveis entre o século I a.C. e o século VI d.C.. Além da visita aos principais núcleos de ruínas (áreas residenciais castrejas e romanas, muralha, fórum, balneário pré-romano e termas romanas, necrópole) também o Centro Interpretativo de Tongobriga foi “explorado”.

Após esta viagem cultural, o grupo voltou à estrada para um curto percurso até à Casa de Quintã. Este solar datado de 1740 tem com um edifício central, formado por duas torres, claustros, aqueduto, fontes e uma capela. As salas e a casa de jantar estão elegantemente decoradas. Após o almoço, em que os participantes puderam desfrutar dos sabores da região, o primeiro Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos fechou de forma mágica, com Mário Daniel, embaixador da Sociedade Comercial C. Santos que é o autor dos sucessos televisivos “Minutos Mágicos” e “Fora do Baralho” e uma referência da magia em Portugal.

“A julgar pelo feedback que recebemos, os participantes gostaram do programa do primeiro Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos, o que é muito positivo para nós. Tal como faz há 76 anos, a Sociedade Comercial C. Santos procurará no futuro continuar a valorizar a história do automóvel e da Mercedes-Benz em Portugal”, indica o relações públicas da Sociedade Comercial C. Santos, Aquiles Pinto.

Segunda edição “reclamada” por participantes

Após o evento, muitos dos participantes “reclamavam” já a segunda edição do Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos. Foi o caso de Modesto Araújo, que inscreveu um Mercedes-Benz 190 SL (W121) de 1957, a viatura mais antiga deste passeio. “Foi muito agradável e interessante. Além do passeio e de podermos observar as muitas e interessantes viaturas que participaram, houve o convívio entre as pessoas. Também a visita às ruínas romanas de Tongobriga foi um apontamento interessante. Seguramente, é uma experiência a repetir e espero que a Sociedade Comercial C. Santos volte a organizar este evento”, afirmou este apaixonado por automóveis.

Outro modelo emblemático presente foi um Mercedes-Benz 300 SEL 6.3 (W109) de 1970, conduzido por Sérgio Rodrigues.

Este modelo serviu de base para o mítico Red Pig, o primeiro AMG (embora aqui com o motor “aumentado” para 6.8), vencedor da sua classe (e segundo da geral) nas 24 Horas de Spa-Francorchamps de 1971. “Foi com muito gosto que participamos, ainda para mais sabendo que é um evento de um concessionário tão especial, com 76 anos de história, que continua forte e assim espero que se mantenha. Foi muito agradável pelo percurso e pelas pessoas. Que seja o primeiro de muitos passeios de clássicos da Sociedade Comercial C. Santos”, referiu Sérgio Rodrigues.

O Mercedes-Benz Club Portugal, clube oficial da marca para o nosso país, também elogiou a iniciativa da Sociedade Comercial C. Santos. “É bonito aprendermos, também, um pouco com o passado e ter este tipo de iniciativas é sempre muito interessante. O horário, o trajeto, a vertente cultural e o almoço, foi tudo muito bem decidido, pelo que só temos a dar os parabéns. Gostamos muito de vir e ficamos já à espera da próxima edição”, considera João Neves (que levou um SL da geração R129 ao evento), representante do clube.

Porque a competição automóvel também faz parte da história automóvel, Manuel Ferreira da Silva, octacampeão nacional de montanha foi um dos participantes do evento (conduziu um W123). “A Mercedes-Benz é uma marca que diz muito, porque já tenho automóveis da marca há 50 anos e sou cliente da Sociedade Comercial C. Santos há quase o mesmo tempo. Este evento correu muito bem e encontrei aqui amigos de longa data. Espero que a Sociedade Comercial C. Santos possa repetir este evento todos os anos e cá estarei, se possível”.

O primeiro Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos contou participantes de todas as idades e bastantes senhoras. Um desses casos foi Diana Assunção, que conduziu um Mercedes-Benz 250 CE (W114) de 1970 (o modelo “Stroke/8” foi produzido desde 1968 até 1976), considerado por muitos o primeiro E Coupé (embora a designação Classe E só tenha surgido na Mercedes-Benz em 1993).

autonews.pt @ 28-9-2022 17:13:59

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades