Mercedes-Benz vai fabricar motores elétricos de fluxo axial em Berlim

Campus de Fábrica Digital deve entrar em funcionamento ainda em 2022

A Mercedes-Benz irá construir motores elétricos de fluxo axial  de ultra alto desempenho nas suas instalações em Berlim, uma vez que a marca de automóveis premium se prepara para ficar totalmente elétrica até 2030, quando as condições do mercado o permitam. Com a transformação das instalações de Berlim, a Mercedes-Benz atingirá novos marcos de digitalização e eletrificação no caminho para um futuro sustentável e sem emissões.

autonews.pt @ 19-1-2022 17:45:39

Com a aquisição de mais componentes de transmissão elétrica, a fábrica de Berlim está a traçar um novo rumo para o seu futuro e a expandir a sua carteira de produtos.

A Mercedes-Benz anunciou a aquisição da YASA, fabricante britânico de motores elétricos de ultra alto desempenho no Verão de 2021, assegurando o acesso à tecnologia única de fluxo axial, aprofundando a sua integração vertical e criação de valor no desenvolvimento e produção. Este tipo de motores pode ter rendimentos muito mais elevados por comparação com os motores de geometria tradicional que são hoje em dia usados nos VEs.  A carteira da fábrica de Berlim já inclui volumes de montagem de unidades de acionamento eléctrico e o chamado EE Compartment.

Além disso, a construção do Campus de Fábrica Digital Mercedes-Benz - um laboratório para o desenvolvimento, teste e implementação de aplicações pioneiras de software MO360 - atingiu uma fase avançada. Uma série de linhas piloto de última geração entrará em funcionamento no próximo ano. Berlim tornar-se-á o centro de competência para a digitalização na rede global de produção Mercedes-Benz e apoiará a implantação mundial de novas versões e aplicações no ecossistema MO360.

Ao mesmo tempo, este campus tornar-se-á um centro de formação e qualificação MO360 com abordagens inovadoras na área da implementação digital.

Berlim tornar-se-á o centro das actividades globais de formação e qualificação da Mercedes-Benz. Futuros programas de formação para toda a rede de produção serão desenvolvidos e implementados em Berlim, utilizando uma plataforma de aprendizagem digital inovadora e flexível. Além disso, a carteira de atividades de qualificação foi redefinida.

No futuro, as qualificações na Mercedes incluirão, por exemplo, especialistas em TI para redes digitais e especialistas em TI para análise de dados e processos.

Um novo programa de qualificação, concebido para dar ao pessoal de produção novas oportunidades, foi adaptado para criar novos perfis de emprego digital para Berlim. Como parte de um projeto-piloto, o pessoal de produção está a ser formado para novos empregos digitais, dando-lhe a oportunidade de desempenhar um papel ativo na modelação da transformação. Um exemplo particularmente bom disto, é o novo perfil de Junior Software Developer para o Campus da Fábrica Digital da Mercedes-Benz.

MO360 - O ecossistema digital de produção automóvel

A digitalização da produção é um importante fator de sucesso para a Mercedes-Benz. O ecossistema digital MO360 foi lançado em 2021. Grandes partes do sistema modular e expansível já estão em uso em cerca de 30 fábricas da Mercedes-Benz em todo o mundo. Como centro de competência para a digitalização, o Campus de Fábrica Digital da Mercedes-Benz irá impulsionar o desenvolvimento, teste e validação de futuras aplicações e conceitos de software para o MO360 a partir do próximo ano - num ambiente de produção real.

O objetivo é utilizar os novos desenvolvimentos testados em Berlim e implementá-los em todo o mundo e qualificar os utilizadores nas fábricas.

Os destaques do MO360 incluem:

A Plataforma de Dados MO360 fornece a base fundamental para os trabalhadores acederem e analisarem todos os dados no seu campo de responsabilidade, independentemente das suas competências informáticas. A Plataforma de Dados MO360 é o "gémeo digital de produção". Dá um contributo decisivo para a democratização dos dados e, com a ajuda de inteligência artificial e ferramentas de previsão, apoia a qualificação dos trabalhadores no contexto da transformação.

Cooperação com a ciência e a indústria

A Mercedes-Benz e a Siemens anunciaram em Março que iriam trabalhar em conjunto na digitalização e automatização sustentáveis da indústria automóvel com o apoio do Estado de Berlim. Como fornecedor líder no campo da automação, software industrial e infraestruturas inteligentes, a Siemens está a contribuir com o seu know-how e tecnologias para a parceria, de modo a desenvolver uma produção automóvel altamente flexível, eficiente e sustentável em conjunto com a Mercedes-Benz.

autonews.pt @ 19-1-2022 17:45:39


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades