Mazda Motor de Portugal comemora 25 anos de idade

Em Portugal com duas dezenas e meia de representantes

A Mazda Motor de Portugal comemorou o seu 25º ano de actividade como Companhia Nacional de Vendas (CNV) oficial da Mazda Motor Corporation, no nosso país, entidade que, por seu turno, está igualmente em época de celebrações, fruto do seu primeiro Centenário, festejado em todo o mundo no final de Janeiro.

autonews.pt @ 11-2-2020 15:59:27

“É com um indisfarçável orgulho que comemoramos hoje o nosso 25º aniversário, uma data que, para além de emblemática, ocorre em simultâneo com os festejos dos 100 Anos da Mazda Motor Corporation, representando todo um conjunto de alicerces que nos permitem olhar para o futuro com esperança e enormes expectativas”, referiu Luís Morais, Diretor Geral da Mazda Motor de Portugal.

Uma rede sólida e cada vez mais homogénea

Em termos de representação em Portugal, continental e regiões autónomas, a Mazda Motor de Portugal conta, presentemente, com uma Rede de Concessionários composta por duas dezenas e meia de entidades que asseguram, também, o serviço de após-venda, estrutura bastante homogénea e de semelhantes serviços prestados.

Numa área de negócio tão dinâmica destaca-se o facto de 4 das atuais entidades manterem a representação Mazda desde a fundação da atual companhia nacional de vendas, transitando do anterior importador: Santos da Cunha 2 (data de início de actividade em 1973, a Nipauto (1983), a M Coutinho Porto (1984, anterior Parauto) e a Santogal (1994, anterior Portelcar).

No extremo oposto, as entidades mais recentes são a açoriana Loureiro Almeida & Filhos (2018) e a Litocar H (2016). Ao longo destes 25 anos, o diferente conjunto de entidades tem representado a Mazda no mercado português, contribuindo para a comercialização dos diferentes volumes e quotas de mercado registadas.

2008: O ano de todos os recordes

2008 foi o ano de todos os recordes para a Mazda Motor Portugal, período em que a marca oriunda de Hiroxima matriculou 5.155 unidades, volume que lhe garantiu uma significativa quota de mercado de 2 por cento.

Mais recentemente e a título de registo, entre 2017 e 2019 a Mazda comercializou 2.766, 2.474 e 3.072 unidades, respetivamente, sendo que a variação neste último caso é positiva e de uns expressivos 24,17%, atribuindo-se uma quota de mercado de 1,39 por cento.

Para tal têm contribuído os automóveis que fazem parte das suas duas últimas gerações, dos mais recentes Mazda3 (HB e CS) e SUV Mazda CX-30, aos anteriores SUV Mazda CX-3 e CX-5, Mazda2, Mazda6 (berlina e wagon) e o roadster Mazda MX-5 (ST e RF).

autonews.pt @ 11-2-2020 15:59:27


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades