Audi AI: Trail quattro – O carro que vem de outro planeta

Um fora de estrada conceptual

Este é um concept car, e tal como o avisamos no título, pretende ser um carro que vem de outro planeta. Aproveitando a feira de Frankfurt a Audi apresentou um protótipo 100% elétrico para andar fora de estrada: o AI:Trail, que para o diretor de design da marca Marc Lichte “... a parte "Trail" do nome evoca a ideia de explorar a natureza... projetámos uma carroceria básica monolítica com vidros máximos para criar uma ligação intensa com o exterior. Um conceito para mobilidade sustentável. ”

autonews.pt @ 17-9-2019 13:55:57

Com um comprimento de 4,15 metros e uma largura de 2,15 metros, o potencial do robusto Audi AI: TRAIL longe de estradas pavimentadas torna-se  imediatamente aparente. A altura do teto de 1,67 metros e as enormes rodas de 22 polegadas com pneus de 850 mm sugerem as excelentes capacidades off-road do veículo, mesmo quando ele está parado. Com uma distância ao solo de impressionantes 34 cm, pode atravessar a água a mais de meio metro de profundidade.

O habitáculo em si é um espaço amplamente envidraçado, cercado por formas poligonais, com espaço para quatro pessoas. Com o sistema de motorização elétrica colocada nos eixos e a bateria no piso, não há necessidade de seções pendentes ou acessórios separados para o motor ou as baterias.

O peso leve e a rigidez máxima da carroceria são, é claro, importantes objetivos técnicos para os off-road, em particular. É por isso que o corpo do Audi AI: TRAIL é feito de uma mistura de aço de alta tecnologia, alumínio e fibra de carbono. Como resultado, pesa apenas 1.750 kg apesar da sua bateria de alta capacidade.


Mobilidade e multifuncionalidade também são características das fontes de luz do Audi AI: TRAIL. Em vez de faróis convencionais, várias fontes de luz independentes ficam abaixo dos pilares A e podem brilhar tanto para fora quanto para dentro. Estes elementos de LED são reguláveis ​​e ajustáveis ​​e podem ser usados ​​como iluminação interior e também para iluminar o caminho do veículo.

A luz traseira opera de maneira semelhante. Estendendo-se por toda a largura da seção traseira, este elemento pode ser usado para iluminar o compartimento de bagagem e também como iluminação distintiva de assinatura para o exterior.

Mas o grande atrevimento vem de um total de cinco drones com iluminação integrada, que Audi chama de “Pathfinders” e que são usados para encontrar o caminho, pois iluminam o trajeto a seguir pelo AI: TRAIL. E neste conceito, o atrevimento continua pois estes drones podem ser equipados com câmaras para dar uma visão exterior ainda mais ampla ao condutor, que estará a controlar o veículo apesar de este ter um nível 4 de condução autónoma.


Dado que o AI: TRAIL se destina a ser utilizado em zonas sem carregamento elétrico a marca conceptualiza uma bateria de íons de lítio com capacidade de autonomia para 400 a 500 quilómetros em estradas ou terreno off-road fácil Em terrenos acidentados, onde o deslizamento quase constantemente elevado das rodas significa que o consumo de energia é maior, o limite ainda será de 250 quilómetros.

Para atender a esses requisitos, o veículo foi projetado para atingir uma velocidade máxima de 130 km / h na estrada. E o Audi AI: TRAIL está equipado com quatro motores elétricos instalados perto das rodas, cada um dos quais impulsiona uma roda diretamente, convertendo-se assim num verdadeiro quattro. A potência máxima do sistema é de 320 quilowatts e o torque máximo é de 1.000 Nm.

autonews.pt @ 17-9-2019 13:55:57

Galeria de fotos