Novo Toyota Prius plug-in, mais tecnológico e com 5 lugares

Na versão Power Sky o painel solar carrega a bateria

A Toyota anuncia o novo Prius Plug-in de 2019 que passou a contar com lotação de 5 lugares e alterações no interior.  A versão Plug-in Hybrid Vehicle (PHV) oferece aos clientes dois automóveis num só, combinando uma sofisticada motorização híbrida e uma experiência de condução 100% elétrica com uma autonomia de até 45km neste modo que em circuito urbano pode ser otimizada até aos 59 km.

autonews.pt @ 13-9-2019 11:30:00

O Prius Plug-in na versão Power Sky, apresenta um painel solar de grandes dimensões, que gera eletricidade para carregar a bateria do sistema híbrido, um equipamento que se estreou na primeira geração e que permanece nesta segunda geração como algo único no segmento.

Dependendo das condições meteorológicas, o carregamento com raios solares pode aumentar a autonomia EV até 5 km por dia, o que equivale a cerca de 1.000 km de condução totalmente elétrica por ano (considerando 200 dias/ano).

Desde o lançamento desta 2ª geração em setembro de 2016, mais de 1.700 Prius Plug-in com painel solar foram vendidos, que representam cerca de 1.700.000 km por ano gerados pelos luz solar.

No interior aparecem os detalhes suaves ao toque, em preto no habitáculo, contornos das saídas de ar condicionado em prateado, carregador sem fios para smartphone de maior dimensão e botões do aquecimento dos bancos dianteiros reposicionados na consola central.


Para além do equipamento muito completo do modelo, o novo sistema multimédia Toyota Touch 2 e introdução da Câmara Panorâmica 360. No exterior o modelo passa a contar com mais duas novas cores exteriores, Vermelho Emotional II e Preto Atitude.

Neste lançamento a marca recorda que o novo Prius Plug in 2019 continua a beneficiar de inúmeras vantagens fiscais, que têm potenciado o crescimento deste tipo de motorização.

Para além do Incentivo à compra de 562,5€ para viaturas híbridas plug-in, a fiscalidade verde apresenta vantagens especialmente no segmento empresarial, que contemplam: 75% de desconto no ISV (também para clientes particulares), 100% de dedutibilidade do IVA (no caso de Empresas e Empresários em Nome Individual - ENI), 100% das depreciações da viatura aceites como gasto fiscal em sede de IRC e Taxas de Tributação Autónoma reduzidas em 50% (ENI) e 64% (Empresas).

autonews.pt @ 13-9-2019 11:30:00


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades