No Japão... mandam os japoneses

Carlos Ghosn com fiança milionária

Carlos Ghosn recebeu uma decisão favorável de um tribunal de Tóquio para ser libertado após pagamento da maior fiança alguma vez estabelecida no Japão: 1 bilião de ienes correspondendo a sensivelmente a 9 milhões de dólares. 

autonews.pt @ 6-3-2019 12:24:41

Esta decisão foi tomada com a aplicação de medidas adicionais como a vídeo vigilância e outras medidas de acompanhamento eletrónico, estando ainda proibido de sair do Japão.

Considerado um génio na indústria automóvel após a criação e desenvolvimento bem sucedido da aliança entre a Renault, Nissan e Mitsubishi, Carlos Ghosn de 64 anos, havia sido preso por alegadamente ter feito declarações de rendimentos abaixo do que efetivamente havia recebido e ainda a acusação de ter transferido perdas financeiras pessoais para a Nissan. 

Estas acusações de má conduta não foram nunca reconhecidas pelo gestor, que face à lei japonesa corre o risco de ser condenado a 10 anos de prisão. O julgamento para este processo ainda não está marcado.

autonews.pt @ 6-3-2019 12:24:41