Novo CLIO V: revelação total em Genebra

Tecnologia, muita tecnologia

Esta é a quinta geração do icónico modelo, que conta já com mais de 15 milhões de unidades vendidas. Desde o seu lançamento em 1990, que o Clio se tornou o modelo mais vendido do Grupo Renault em todo mundo e o preferido dos portugueses, há seis anos consecutivos. O seu sucesso reflete-se também na liderança europeia do segmento-B desde 2013 e as novidades desta 5ª geração são mesmo muitas.

autonews.pt @ 5-3-2019 18:18:49

Uma nova gama de motores, entre eles o primeiro híbrido E-TECH da Renault



O Novo Clio dispõe de uma oferta completa de motores a gasolina – todas inéditas! – e Diesel, disponíveis num intervalo de potências entre os 65 aos 130 cavalos. Dotados de tecnologias de ponta, motores que cumprem as mais recentes normas em vigor, com níveis de consumo e de emissões referência no mercado.

A partir de 2020 e, pela primeira vez no Grupo Renault, será proposto um motor híbrido, designado por E-TECH. No total, estarão disponíveis 9 combinações motor/caixa de velocidades.

Motor Híbrido

Há quase 30 anos que o Clio democratiza o melhor da tecnologia automóvel. O Novo Clio mantém esta tradição ao propor, a partir de 2020, um motor "full hybride", que recebe o nome de E-TECH. 

O motor E-TECH, desenvolvido e com patente registada pela equipa de engenheiros da Renault, utiliza elementos conhecidos no seio da Aliança, tal como o bloco a gasolina de 1,6 litros retrabalhado especificamente. 

Este bloco está associado a dois motores elétricos, uma inovadora caixa de velocidades multímodo e uma bateria de 1,2 kWh.

A tecnologia híbrida Renault E-TECH oferece a máxima eficácia de utilização, com uma extraordinária reatividade e um carregamento rápido da bateria nas fases de desaceleração. 

Os arranques ocorrem, automaticamente, em modo totalmente elétrico, o que conjugado com o potente travão motor regenerativo, que permite uma rápida desaceleração apenas com o levantar o pé do pedal do acelerador, e com a elevada capacidade de recarga das baterias, permite circular, em cidade, até 80% do tempo em modo totalmente elétrico, com um ganho nos consumos que pode atingir os 40% relativamente a um motor térmico a gasolina, em ciclo urbano. 

Motores a gasolina

Para os condutores que têm em mente um automóvel económico com vocação urbana, o motor 1.0 SCe (3 cilindros, atmosférico) é a solução perfeita. Com caixa manual de 5 velocidades e potências de 65 e 75 cv (binário de 95 Nm), este motor oferece uma extrema suavidade de utilização para os trajetos urbanos.

Inédito na gama Renault, o 1.0 TCe (3 cilindros, turbo comprimido) é o mais novo dos motores resultantes das sinergias da Aliança e está equipado com as mais avançadas tecnologias, como sejam o turbocompressor com válvula de descarga de comando elétrico, o coletor de escape parcialmente integrado na cabeça de motor, o duplo comando variável hidráulico da distribuição na admissão ou ainda o revestimento específico em aço dos cilindros (Bore Spray Coating). 

Com 100 cv e 160 Nm de binário, este bloco da nova geração tem mais 10 cavalos e 20 Nm relativamente ao TCe 90 que substitui, reduzindo o consumo e as emissões de CO2. 

O motor TCe 100 é proposto no Novo Clio associado a uma caixa manual de 5 velocidades. Mais tarde, estará também acoplado a uma caixa automática X-TRONIC da última geração e adaptada aos tipos de utilização europeia. A caixa X-TRONIC irá dispor da função D-STEP que reproduz o comportamento de uma caixa multi-relações em percursos polivalentes e aquando das acelerações. O motor TCe 100 será, igualmente, proposto numa versão bi-fuel a GPL.

O motor 1.3 TCe FAP surge no Novo Clio depois de prestar provas nos modelos Captur, Mégane, Scénic e Kadjar. Proposto na versão de 130 cv e 240 Nm, está associado à caixa automática EDC de 7 velocidades e explora plenamente todas as qualidades dinâmicas do Novo Clio. 

A caixa EDC de dupla embraiagem contribui para a redução dos consumos e das emissões de CO2, e para aumentar ainda mais o prazer de condução. O Novo Clio TCe 130 EDC FAP estará dotado de patilhas no volante.

Motores a diesel

O Novo Clio propõe, igualmente, um motor Diesel, o 1.5 Blue dCi, adaptado às utilizações mais intensivas e às frotas de empresa. Este motor respeita as novas normas antipoluição, com a integração do sistema de redução catalítica seletiva (SCR) para o pós-tratamento dos óxidos de azoto (NOx). 

É proposto em duas versões: 85 cv / 220 Nm, para uma condução sóbria, e 115 cv / 260 Nm, para uma condução mais dinâmica. Com uma caixa manual de 6 velocidades que reduz o regime do motor acima dos 110 km/h e graças a uma aerodinâmica que se posiciona ao melhor nível do segmento, o Novo Clio Blue dCi revela-se particularmente eficiente em estrada e autoestrada.

CMF-B: uma plataforma modular inédita para o Novo Clio


O novo Renault Clio inaugura uma nova geração de plataforma modular, designada por CMF-B, inédita na Aliança. Desenvolvida desde 2014, a plataforma CMF-B é constituída por 85% de peças novas relativamente à plataforma da geração anterior do Clio.

A sua arquitetura é mais leve do que a plataforma anterior: até menos 50 quilos, graças à carroçaria, aos eixos e ao capô. E adota, igualmente, um fundo carenado, que melhora o coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx) em cerca de 0,20. Estas duas evoluções traduzem-se na redução dos consumos e das emissões de CO2. 

O novo Clio melhora, também, o conforto acústico, sobretudo devido ao isolamento do compartimento do motor. O ganho é da ordem de 1,5 a 2 dB, entre 0 e 130 km/h.

Para oferecer o melhor em matéria de segurança, a plataforma CMF-B do Novo Clio foi totalmente revista em tudo o que diz respeito à estrutura da carroçaria, recorrendo a aço de elevado limite elástico e colas de estrutura, para aumentar a força de ligação entre as chapas. 

A segurança é, ainda, reforçada pelos inovadores equipamentos que integram o Novo Clio, graças à nova arquitetura da plataforma CMF-B: airbag adaptativo do condutor, airbags tipo cortina de grande volume, pré-tensores dos cintos de segurança com limitadores de esforço, fixações ISOFIX com a nova norma iSize, etc.

A nova arquitetura elétrica e eletrónica da plataforma CMF-B permite ao Novo Clio propor o conjunto de equipamentos e de sistemas de ajuda à condução mais completo e mais moderno do segmento, desde a câmara e o radar frontal, de série em todas as versões, até ao Assistente Trânsito e Autoestrada (autonomia de nível 2). Por último, esta nova plataforma foi concebida para permitir a eletrificação dos veículos e, por conseguinte, a chegada de uma motorização híbrida E-TECH à gama do Novo Clio.

A integração desta nova plataforma na gama Renault faz parte dos principais objetivos dos planos estratégicos Drive The Future e Aliança 2022, dado que, até ao horizonte 2022, 70% dos veículos da Aliança e 80 % dos veículos do Grupo Renault serão produzidos em plataformas comuns da família CMF (Common Module Family).


Renault EASY DRIVE: os sistemas de ajuda à condução mais completos do mercado


O novo Clio propõe a oferta de sistemas de ajuda à condução mais completa do segmento, com o objetivo de facilitar a condução, reforçar a segurança e tornar as viagens mais tranquilas.

Dividem-se em três famílias: Condução, Estacionamento (agrupados sob a designação Renault EASY DRIVE) e Segurança.

Entre as novidades mais marcantes que enriquecem as prestações do Novo Clio estão, por exemplo, a câmara 360° e o sistema de travagem ativa de emergência com deteção de ciclistas e peões, duas estreias na gama Renault. 

A joia da coroa é o Assistente Trânsito e Autoestrada, funcionalidade exclusiva no segmento dos citadinos polivalentes. Este sistema de ajuda avançada à condução constitui uma primeira etapa para o veículo autónomo.

Confirmando a vontade de democratizar as tecnologias autónomas, o Grupo Renault proporá 15 veículos equipados com esta funcionalidade, até ao final do seu plano estratégico Drive The Future. O Novo Clio é o primeiro destes veículos.

ASSISTENTE TRÂNSITO E AUTOESTRADA

O Assistente Trânsito e Autoestrada é a combinação do regulador de velocidade adaptativo (com Stop & Go) e o assistente de centragem na via. Ativo dos 0 aos 160 km/h, este equipamento funciona nos automóveis com caixa automática EDC e regula a velocidade do automóvel, mantendo a distância de segurança para o veículo que circula à frente e garantindo, igualmente, que o automóvel se mantém centrado na via de circulação. 

Particularmente útil com trânsito intenso, este assistente de condução permite ao Novo Clio parar e arrancar, automaticamente, no tempo de 3 segundos, sem qualquer ação por parte do condutor.

Este sistema funciona graças a uma câmara frontal e a um radar, nas estradas em que as marcas no piso (linhas contínuas ou descontínuas) estão corretamente visíveis e com veículos em circulação. Em caso de ausência de linha, é ativado apenas o regulador de velocidade adaptativo. Se não for detetado qualquer veículo à frente, o assistente de centragem na via mantém-se operacional (a partir dos 60 km/h), bem como o regulador de velocidade.

O Assistente Trânsito e Autoestrada é uma prestação de autonomia de nível 2 que representa um ganho significativo em termos de conforto de condução. Todavia, exige que o condutor mantenha as mãos no volante e os olhos na estrada. O sistema envia um alerta se deixar de detetar as mãos no volante durante 13 segundos. Após mais dois alertas, o sistema desativa-se, automaticamente, ao fim de 48 segundos.

O Assistente Trânsito e Autoestrada estará disponível, em combinação, com o motor TCe 130 EDC FP do Novo Clio, a partir dos finais de 2019.

REGULADOR DE VELOCIDADE ADAPTATIVO (com Stop & Go)

O regulador de velocidade adaptativo (ACC) está integrado na gama Clio, para as versões com caixa automática EDC. Disponível dos 0 aos 170 km/h, permite manter, automaticamente, uma distância de segurança mínima para o veículo que circula à frente. 

Esta distância – mais exatamente o tempo de intervalo – pode ser maior ou menor (entre 2,4 a 1,2 segundos; por defeito, 2 segundos), consoante a escolha do condutor. Se não for detetado qualquer veículo à frente, o sistema funciona como um regulador convencional, para conservar a velocidade predefinida, incluindo em descida.

O regulador de velocidade adaptativo do Novo Clio está disponível nas versões com motor TCe 130 EDC FAP dotados da função Stop & Go. Quando o fluxo de trânsito é intenso, se for necessário parar completamente, o sistema pode imobilizar o automóvel com toda a segurança e voltar a arrancar no tempo de 3 segundos quando a marcha é retomada. 

Se forem ultrapassados os 3 segundos, será necessário um impulso da parte do condutor para o sistema se reiniciar. Ao fim de 30 segundos de inatividade, o sistema desativa-se automaticamente.

REGULADOR E LIMITADOR DE VELOCIDADE

O regulador/limitador de velocidade equipa toda a gama do Novo Clio.

COMUTAÇÃO AUTOMÁTICA DAS LUZES DE ESTRADA/CRUZAMENTO

Utilizando a tecnologia da câmara frontal, a haste de luzes muda, automaticamente, de luzes de estrada (máximos) para luzes de cruzamento (médios), consoante a luminosidade exterior e a velocidade de circulação, facilitando assim a condução noturna, incluindo em condições de fraca iluminação da estrada. 

TRAVAGEM ATIVA DE EMERGÊNCIA

Inédito na gama Renault, o sistema de travagem ativa de emergência, com deteção de ciclistas e peões, alerta o condutor para situações perigosas, podendo ativar a travagem se o condutor não reagir. Constitui um equipamento de série do Novo Clio e funciona tanto de dia como de noite.

ALERTA DE ÂNGULO MORTO

Disponível em numerosos modelos da gama Renault, o alerta de ângulo morto integrado no Novo Clio é ainda mais eficiente. Graças à utilização de radares e não de simples sensores, o sistema interpreta melhor as distâncias e as velocidades dos veículos que se encontram fora do campo de visão do condutor.

RECONHECIMENTO DOS PAINÉIS DE SINALIZAÇÃO COM ALERTA DE EXCESSO DE VELOCIDADE

Integrado em toda a gama do Novo Clio, este sistema utiliza a câmara frontal para prevenir, automaticamente, o condutor dos limites de velocidade no troço de estrada onde circula e sugerir-lhe adaptar a velocidade.

Nas versões equipadas com sistema de navegação, o Novo Clio combina as informações de leitura dos painéis e os dados do GPS, para oferecer uma assistência ainda mais rigorosa.

ALERTA DE SAÍDA INVOLUNTÁRIA DE VIA E ASSISTENTE DE MANUTENÇÃO DE VIA

Este sistema funciona a partir dos 60 km/h, prevenindo o condutor e corrigindo a trajetória se o automóvel estiver prestes a ultrapassar uma linha marcada no piso sem que o indicador de mudança de direção tenha sido ativado. Esta tecnologia utilizada nos segmentos superiores é proposta, de série, no Novo Clio. 

CÂMARA 360°

O novo Clio é o primeiro modelo da Renault a beneficiar da câmara 360°. As quatro câmaras que compõem o sistema oferecem uma vista de cima do automóvel, apresentando numa única imagem os obstáculos situados à sua volta. Muito fácil de utilizar, a câmara 360° ativa-se, automaticamente, quando se engrena a marcha-atrás e está diretamente acessível através dos comandos, tipo teclas de piano, situados logo abaixo do ecrã multimédia. 

O sistema apresenta duas imagens neste ecrã: a vista dianteira ou traseira, consoante a mudança engrenada, e, complementarmente, a opção entre a vista 360° ou uma ampliação da imagem captada pela câmara do lado do passageiro.

SISTEMA DE AJUDA AO ESTACIONAMENTO DIANTEIRO, TRASEIRO E LATERAL

12 sensores ultrassónicos ajudam o condutor durante as manobras de estacionamento, alertando-o para a presença de obstáculos ou objetos.

CÂMARA DE MARCHA-ATRÁS

Já integrada na anterior geração, a câmara de marcha-atrás continua disponível no Novo Clio para facilitar as manobras e a saída do lugar de estacionamento, em marcha-atrás.

SISTEMA DE AJUDA AO ESTACIONAMENTO EASY PARK ASSIST (estacionamento mãos livres)

O sistema Easy Park Assist (sistema de ajuda ao estacionamento em paralelo, em espinha ou na perpendicular) evoluiu para facilitar as manobras, tanto para estacionar como para sair do lugar de estacionamento. Durante as manobras de estacionamento, o conjunto de sensores faz a gestão da direção do automóvel e o condutor só precisa de se preocupar com os pedais e a caixa de velocidades.

Renault EASY CONNECT: uma oferta enriquecida e um novo sistema multimédia conectado


Este Clio V integra uma versão enriquecida da oferta Renault EASY CONNECT, que inclui o novíssimo sistema multimédia Renault EASY LINK, completado pela aplicação MY Renault. 

Esta oferta, que agrupa um universo de aplicações, plataformas e serviços conectados, pretende facilitar as novas utilizações da mobilidade conectada, tanto dentro como fora do automóvel: gestão do mesmo à distância, trajetos mais precisos e fáceis de programar, integração no universo conectado do condutor e dos passageiros.

Graças a este novo ecossistema, a oferta Renault EASY CONNECT adapta-se a cada utilizador e pode ser, progressivamente, enriquecida com novos serviços em todos os equipamentos multimédia onde está implementada.

A plataforma multimédia Renault EASY LINK desdobra-se em 3 versões, todas elas compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay:

- Uma versão com ecrã de 7 polegadas

- Uma versão com ecrã de 7 polegadas e navegação integrada

- Uma versão com ecrã de 9,3 polegadas e navegação integrada

Esta plataforma tem uma interface inédita, mais ergonómica e funcional, com os códigos e as utilizações característicos do smartphone. Alguns ecrãs podem ser personalizados, graças a widgets de aplicações para que cada um possa aceder, diretamente, às suas funções preferidas.

O Renault EASY LINK apoia-se em quatro pilares:

- Uma plataforma conectada em 4G, que permite integrar diretamente serviços conectados, entre os quais a chamada automática de emergência em caso de acidente, disponível em todas as versões do Novo Clio.

- Uma plataforma com atualizações automáticas, navegação com informações em tempo real sobre o trânsito e as zonas de perigo, fornecidas pela TomTom, e à incorporação de novas funções como, por exemplo, a pesquisa de endereços Google.

- Uma utilização simplificada através da interface personalizável e mais intuitiva (pesquisa de morada numa linha como num smartphone, links diretos sempre visíveis para navegar entre as principais funções, atalhos na parte inferior do ecrã, etc.), integração de uma navegação em 3D e ao mais amplo ecrã da categoria (9,3 polegadas, ou seja, duas vezes a superfície de um ecrã de 7 polegadas).

- Um ecossistema de serviços familiares, com atualizações e um enriquecimento permanente, graças aos nossos parceiros, como a Google, a TomTom e a Coyote.

MY Renault, um universo ao alcance da mão

A aplicação MY Renault foi renovada para fornecer ainda mais serviços do que anteriormente e para que o seu automóvel esteja sempre ao alcance da sua mão. Por exemplo, permite-lhe agora preparar melhor o seu trajeto, prosseguir a navegação a pé depois de sair do automóvel e, no regresso, voltar a acompanhá-lo até onde o deixou para o encontrar facilmente. 

Além disso, pode trancá-lo, acionar a buzina e ligar as luzes à distância. Por último, assegura uma gestão otimizada da manutenção, através do seguimento do histórico dos contratos e do estado geral do automóvel com o auxílio de lembretes ou, ainda, em alguns países, da possibilidade de fazer uma marcação diretamente com o concessionário.

Todas as informações estão, aliás, disponíveis no website easyconnect.renault.com, com o suporte, a loja, a comunidade online e o conjunto de tutoriais e as FAQ (Perguntas Frequentes) relativamente ao seu automóvel.


Vida a bordo: nova experiência com o MULTI-SENSE e o som premium da BOSE®


Este Clio aceitou um imenso desafio: mais curto 12 milímetros que o antecessor, oferece mais espaço interior para os ocupantes e, em termos de volumes disponíveis, bate os recordes da categoria, com 391 litros de porta-bagagens e 26 litros de espaços de arrumação interiores.

Com a ambição de oferecer a melhor experiência de vida a bordo, o Novo Clio distingue-se pelo "Smart Cockpit" para uma condução mais imersiva e prestações que contribuem para o conforto e o bem-estar de todos os passageiros. Já presentes em modelos do segmento superior (Mégane, Talisman, Espace, etc.), as regulações MULTI-SENSE são, pela primeira vez, propostas num Clio. Também o sistema de som premium da BOSE® surge numa versão totalmente nova, para proporcionar uma experiência sonora ainda mais rica.

MULTI-SENSE, a experiência Clio personalizada

A tecnologia Renault MULTI-SENSE foi incorporada no Clio para personalizar a experiência de condução. Ao atuar, simultaneamente, na cartografia do motor, na direção, na iluminação ambiente e na configuração do ecrã digital que substitui os contadores, o MULTI-SENSE permite personalizar o veículo consoante o seu estado de espírito, dando-lhe a sensação de ter vários veículos num só.

Estão disponíveis 3 modos:

- Eco, para reduzir o consumo e as emissões de CO2

- Sport, para aumentar o prazer de condução, a agilidade e a reatividade

- MySense (modo predefinido), para personalizar a sua experiência.

Para personalizar a sua atmosfera luminosa, são propostas oito cores (branco, azul, azul elétrico, amarelo, laranja, vermelho, verde e violeta), podendo cada uma delas caraterizar o modo que escolheu.

É muito fácil aceder ao sistema MULTI-SENSE através da interface do novo sistema multimédia Renault EASY LINK ou com uma tecla tipo piano dedicada, visível sob o ecrã central. Basta um toque para abrir a janela MULTI-SENSE e modificar as suas preferências.

Consoante o modo escolhido, os ecrãs digitais de 7 e 10 polegadas do quadro de instrumentos do Novo Clio propõem um widget, personalizável pelo condutor, para afixar, por exemplo, o consumo no modo Normal ou os potenciómetros de potência e de binário no modo Sport.

BOSE®, som premium e tecnologia inédita

Parceira da Renault há mais de dez anos, a BOSE® aprimorou, para o Novo Clio, o seu sistema áudio premium, com novos componentes e uma nova calibração que permitem uma experiência de som ainda com mais impacto.

O novo sistema dispõe de nove altifalantes, incluindo dois "tweeters" suplementares instalados nos painéis das portas traseiras e um novo subwoofer designado Fresh Air SpeakerTM* (FAS). 

Em estreia num modelo Renault, o FAS oferece uma melhor restituição dos graves, através de um sistema de condutas, patenteado, integrado na estrutura do Novo Clio. 

No Novo Clio, este sistema de caixa Fresh Air Subwoofer é montado na guarnição lateral esquerda do porta-bagagens, sem impacto no volume disponível.

Os ocupantes do Novo Clio podem escolher o ambiente sonoro que desejam, através da ativação ou desativação do modo “surround”, no ecrã de regulações áudio. E, para garantir a melhor experiência sonora, o sistema Bose está equipado com a tecnologia “Dynamic Speed Compensation”, que ajusta, automaticamente, o volume e a equalização da música, em função da velocidade do automóvel.

autonews.pt @ 5-3-2019 18:18:49

Galeria de fotos