Ford Desenvolve Veículo de Teste Que Contorna de Modo Automático Veículos Parados ou a Baixa Velocidade ou Peões

A Ford Motor Company desvendou hoje um protótipo de testes equipado com tecnologia que recorre a sistemas automáticos de direcção e travagem para evitar colisões com veículos que se encontrem parados ou que circulem a baixa velocidade na mesma faixa, para além de evitar atropelamentos a peões.

Ford @ 9-10-2013 10:26:41

A tecnologia “Evitar Obstáculos” da Ford começa por gerar avisos caso detecte objectos que se movimentem lentamente, obstáculos estacionários ou peões à frente, na mesma faixa de rodagem em que circule a viatura. Caso o condutor não vire a direcção ou trave na sequência desses avisos, o sistema desvia a direcção e aplica os travões para evitar a colisão. A Ford demonstrou pela primeira vez esta semana os resultados desta nova pesquisa no centro de testes de Lommel (Bélgica), podendo o respectivo vídeo ser consultado mais abaixo nesta notícia.

A Ford desenvolveu um Ford Focus equipado com a tecnologia “Evitar Obstáculos” como parte do projecto de pesquisa denominado “interactIVe” (Accident Avoidance by Active Intervention of Intelligent Vehicles) *, que é subsidiado por fundos europeus e liderado pela própria Ford. O consórcio de 29 parceiros encontra-se a desenvolver sistemas de segurança activa que intervêm em casos de colisões eminentes.

“Há muitos exemplos, tais como os inesperados engarrafamentos de trânsito, em que esta tecnologia poderia beneficiar tanto o condutor cujo veículo esteja equipado com a tecnologia, como outros na estrada," referiu Barb Samardzich, Vice-Presidente de Desenvolvimento de Produto da Ford Europa. "O projecto de pesquisa ‘Evitar Obstáculos’ permite vislumbrar um futuro mais seguro, onde o risco de alguns tipos de acidentes poderá ver-se bastante reduzido.”

A tecnologia “Evitar Obstáculos” recorre a três radares, sensores ultra-sónicos e a câmaras que analisam a estrada até 200 metros para a frente da viatura. Se o sistema detectar um objecto estacionário ou lento, primeiramente emite um aviso, soando, em seguida, um sinal sonoro. Se o condutor não tiver qualquer tipo de reacção na direcção ou nos travões, a tecnologia “Evitar Obstáculos” aplica os travões, pesquisa potenciais locais para desvio da viatura em ambos os lados do perigo, tomando conta da direcção electrónica de modo a evitar uma colisão.

A tecnologia foi testada em velocidades de mais de 60 km/h. Dados da pesquisa revelam que menos de um terço dos condutores envolvidos em colisões traseiras reage com movimentos na direcção antes do impacto**.

“Ao demonstrar a tecnologia ‘Evitar Obstáculos’ no veículo utilizado no projecto interactIVe, a Ford desenvolve novas tecnologias de segurança com base nas existentes para demonstrar até onde as inovações pioneiras nos podem levar no futuro,” afirma Samardzich.

Também exposto em Lommel está o novo Ford S-MAX Concept, proposta que está equipada com o Sistema de Protecção Inteligente Ford com Assistência Pré-Colisão, que identifica os peões, aplicando automaticamente os travões na eminência de um atropelamento.

A Ford já introduziu tecnologias de segurança activa nos seus veículos, incluindo a Paragem Activa em Cidade, que recorre a um sensor de luz que detecta e monitoriza o tráfego na frente do veículo, verificando a estrada 50 vezes por segundo, ajudando a evitar colisões a velocidades até 15 km/h e ajudar a reduzir a gravidade dos impactos a velocidades até 30 km/h. A tecnologia Assistência à Manutenção de Faixa de Rodagem da Ford inclui uma câmara que monitoriza a posição do veículo em relação às marcas nas estradas e avisa o condutor através de vibrações no volante, alertando-o caso detecte que o veículo deriva para fora da faixa de rodagem em que circula.



* interactIVe (Accident Avoidance by Active Intervention of Intelligent Vehicles) é um projecto de investigação europeu lançado pelo Centro Europeu de Pesquisa da Ford em Aachen (Alemanha) em 2010 e que integra 29 parceiros. Liderado pela Ford, o consórcio inclui sete construtores automóveis, seus fornecedores, 14 institutos de pesquisa e três outros accionistas. 

** Estudo Aprofundado de Acidentes Alemão/German In-Depth Accident Study (GIDAS)

Ford @ 9-10-2013 10:26:41

Galeria de videos