Novo Ë-Berlingo: elétrico pioneiro a chegar

Suavidade e silêncio do motor elétrico, com uma autonomia até 280 km

Criadora do segmento dos veículos de passageiros multiusos em 1996, a Citroën desenvolveu uma verdadeira comunidade, muito apegada à personalidade, à versatilidade e à modularidade do Berlingo. Uma carroçaria compacta, mas com um habitáculo muito espaçoso, uma exigência reivindicada por clientes com necessidade de muito espaço livre. Um argumento que reforça a atratividade do Berlingo, num mercado onde este tipo de oferta é cada vez mais raro. 

autonews.pt @ 24-2-2021 16:43:22

A chegada de uma versão elétrica do Berlingo revela-se um desafio de vulto. É uma resposta moderna aos desafios ambientais que afetam fortemente este tipo de carroçaria e que preocupam os seus utilizadores, frequentemente, muito ligados à natureza, sensíveis à sua pegada ambiental e preocupados com os custos associados. Uma solução que une o útil ao agradável, beneficiando do melhor da tecnologia elétrica, com maior serenidade e suavidade e sem comprometer a funcionalidade do Berlingo.

Suavidade adicional em modo elétrico

Com o ë-Berlingo, cada trajeto torna-se num momento de descontração para os passageiros. O arranque do veículo é muito fluído, graças a um binário imediatamente disponível, e a aceleração é muito linear, uma vez que não existem passagens de caixa. A cadeia de tração elétrica não gera ruído, nem vibrações. Estas qualidades vêm juntar-se ao conforto sentido a bordo, proporcionado pelos assentos elevados e também pela agilidade da direção, para um diâmetro de viragem de 10,80 m.

O motor elétrico gere a tração em função do modo de condução selecionado e das condições de circulação. A potência de 100 kW (136 cv) e o binário de 260 Nm permitem alcançar uma velocidade máxima de 135 km/h, independentemente do modo utilizado. Os diferentes modos são ativados através do seletor associado ao comando específico ë-Toggle:

-           Normal – 80 kW/210 Nm: para o melhor compromisso entre economia e prestações dinâmicas;

-           Eco – 60 kW/180 Nm: para otimizar o consumo de energia, diminuindo o desempenho do aquecimento e do ar condicionado, sem os desativar, bem como limitando o binário e potência do motor;

-           Power – 100 kW/260 Nm: permite maior prazer de condução e um desempenho superior em caso de carga máxima.

Uma autonomia que favorece a liberdade de circulação


Os clientes do segmento dos veículos multiusos têm uma necessidade de mobilidade variada, pelo que estes devem permitir-lhes realizar as suas múltiplas atividades, entre trajetos longos e outros mais curtos. O ë-Berlingo assume-se como um camaleão, adaptando-se às diferentes necessidades de um dia para o outro. Permite-lhes, igualmente, aceder aos centros urbanos com restrições de circulação, e oferece-lhes um vasto campo de liberdade de acção, sem preocupações. Consoante o perfil de condução, a bateria de iões de lítio de 50 kWh do ë-Berlingo permite percorrer até um máximo de 280 km . O ë-Berlingo recorre ao melhor da tecnologia elétrica e disponibiliza o mesmo conjunto de tração e bateria para ambas as configurações de carroçaria.

Para otimizar a autonomia, a cadeia de tração do ë-Berlingo recupera a energia durante as fases de travagem e de desaceleração. Para uma recuperação de energia reforçada, deve ativar-se o botão “B”, situado na consola central.

Colocada debaixo dos bancos e do piso de carga do veículo, a bateria não afeta a habitabilidade e armazena e fornece a energia necessária para o funcionamento do motor elétrico, do sistema de aquecimento e do ar condicionado. O painel de instrumentos mostra o seu nível de carga através de um indicador de percentagem e de um outro, graduado, com iluminação.

A bateria de tração está coberta por uma garantia de 8 anos ou 160.000 km para 70% da capacidade de carga.

Um certificado de capacidade da bateria é emitido após a revisão do primeiro ano ou aos 20.000 km e após cada revisão, de dois em dois anos ou a cada 40.000 km.

Facilidade de carregamento e custos reduzidos

Os clientes deste tipo de proposta residem, usualmente, em habitações individuais e têm à sua disposição um acesso fácil a pontos de energia para carregamento. Existem três possibilidades de carregamento. Uma simples tomada Green’up permite recarregar grande parte da bateria durante a noite, para que, na manhã seguinte, possa sair para a estrada com toda a tranquilidade:

-           Carregamento doméstico através de cabo Tipo 2 para utilização no domicílio, no local de trabalho ou num lugar de estacionamento. Este modo de carregamento é compatível com uma tomada standard de 8A e com uma reforçada de 16A (Wallbox + tomada Green’Up), permitindo reduzir para metade – cerca de 15 horas - o tempo de carregamento necessário para uma carga total da bateria;

-           Carregamento rápido, público ou privado, requer a instalação de uma Wallbox de 3,7 a 22 kW e de um cabo Tipo 3 (opcional). O tempo de carregamento a 100% é de 7 horas e 30 minutos (Wallbox de 7,4 kW, com ligação monofásica) ou de 5 horas (Wallbox de 11 kW, com ligação trifásica);

-           Carregamento super-rápido num posto público até 100 kW através de um cabo Tipo 4 integrado no carregador. Permite carregar 80% da bateria de 50 kWh em 30 minutos. O ë-Berlingo está no topo do seu segmento no que diz respeito a tempos de carregamento rápido.


Os veículos multiusos e de lazer são práticos, mas o formato da sua carroçaria não favorece a aerodinâmica, pelo que a eletrificação se torna num enorme desafio para este segmento, de modo a permitir reduzir o impacto ambiental e os custos de utilização, um critério importante para clientes cujo orçamento é, frequentemente, reduzido.

Sem mudanças de óleo do motor e da transmissão, bem como dos filtros de ar e de combustível, etc., a sua manutenção é 30% menos custosa do que a de um veículo com motor de combustão, para além de custos de utilização serem mais contidos: o ë-Berlingo consome, em média, 18 kWh/100 km, equivalente a um custo de cerca de 3,6 €.

Além disso, o ë-Berlingo oferece as funções de carregamento diferido para que o cliente possa usufruir da eletricidade quando esta é mais barata, bem como de pré-condicionamento térmico, que permite ajustar a temperatura do habitáculo quando o veículo está ligado à rede, evitando, assim, um consumo de energia da bateria durante os primeiros quilómetros da condução.

Serviços uteis para uma vida serena em modo elétrico

Graças à aplicação My Citroën, é possível, remotamente, via smartphone ou tablet, conhecer o estado e autonomia do veículo, gerir o pré-condicionamento térmico do habitáculo, bem como definir os carregamentos diferidos. Estas definições são, igualmente, acessíveis através do ecrã tátil do veículo, através da navegação conectada, no menu “Energia”. Configurável a qualquer momento, é possível fazê-lo quer para cargas domésticas (tipo 2), quer para cargas rápidas (Tipo 3).

A aplicação Free2Move facilitará o carregamento e o estacionamento e permitirá o acesso a mais de 220.000 postos de carregamento. Proporá, também, a planificação do melhor trajeto em função da autonomia do veículo com informação das estações de carregamento compatíveis e disponíveis, bem como das paragens necessárias para o fazer e o tempo total.

Para apoiar os seus clientes, a Citroën propõe para o ë-Berlingo um serviço de carregamento personalizado, incluindo dispositivos de carga (tomada standard e tomada reforçada Green’Up ou Wallbox), bem como a sua instalação em casa ou no local de trabalho. Foram selecionados parceiros recomendados para cada país europeu: em Portugal, a Eyssa Tesis disponibiliza soluções de instalação adaptadas a casa caso, tanto para clientes particulares, como para clientes profissionais e destinadas quer a habitações individuais, quer a coletivas.

Duas carroçarias para pequenas e grandes famílias

O novo Citroën ë-Berlingo mantém os mesmos argumentos da versão térmica a nível de design, oferecendo, ao mesmo tempo, dimensões compactas que facilitam a sua capacidade de manobra. No entanto, pode acomodar até um máximo de sete pessoas.

O cliente pode escolher o comprimento do seu veículo: a versão curta M, com 4,40 m, ou a versão longa XL, com 4,75 m (mais 35 cm divididos entre a projeção traseira e a distância entre eixos). Ambas as versões podem aceder a parques de estacionamento, graças à altura inferior a 1,90 m.

Espaço interior explorado ao máximo para proporcionar bem-estar a bordo

Todos aqueles que necessitam de espaço para as suas atividades ou momentos de lazer (excursões, aventuras, atividades ao ar livre, etc.), desejam o mesmo no veículo que os acompanha diariamente, seja para transportar várias pessoas ou bagagens, como o equipamento necessário para praticar uma atividade desportiva. Foi por essa razão que a versão elétrica do Berlingo foi concebida, para lhes proporcionar o que é mais importante: um veículo engenhoso, com um interior espaçoso e funcional, de elevada qualidade, para facilitar as suas vidas e torná-las mais agradáveis.

Marca precursora nos veículos multiusos desde 1996, a Citroën continua a fazer crescer a sua gama, adicionando, agora, a versão elétrica do Berlingo, modelo que deve o seu sucesso comercial ao seu espaço habitável e modular, bem como à sua enorme capacidade de carga. Com um ambiente, de excelência, para o convívio familiar e de amigos, o novo ë-Berlingo está pronto para acompanhar os clientes na sua vida ativa do quotidiano.

A nova proposta chegará aos Concessionários Citroën no segundo semestre de 2021.

autonews.pt @ 24-2-2021 16:43:22

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Auto News, Mercado Automóvel e Novidades