Cupra toca o céu em pista instalada num terraço de Paris

Depois de apresentar o CUPRA Tavascan Concept no Salão Internacional Automóvel de Frankfurt (IAA), a CUPRA rumou a Paris onde organizou um evento de condução muito especial. A marca montou um circuito num terraço da capital francesa, para a ação inédita “CUPRA: THE ROOFTOP DRIVING EXPERIENCE”.

autonews.pt @ 4-10-2019 17:31:34

O terraço do Parc des Expositions, na Porta de Versailles, foi o cenário escolhido para o primeiro anel de velocidade nas alturas alguma vez instalado na cidade parisiense.

Os convidados puderam desfrutar dos 300 CV do CUPRA Ateca, vivendo uma experiência única com vista panorâmica da Torre Eiffel. Com este evento, a CUPRA levou o seu ADN das corridas às alturas da capital francesa.

Durante o evento de dois dias marcaram presença os cinco modelos e protótipos da marca: Leon CUPRA, CUPRA Ateca, CUPRA e-Racer e os concept CUPRA Formentor e CUPRA Tavascan. O novo embaixador da marca, Mattias Ekström, não perdeu esta festa da velocidade e aproveitou os 247km/h de velocidade máxima do CUPRA Ateca nas alturas de Paris.

Uma marca em crescimento


Com apenas um ano e meio de vida, a CUPRA converteu-se numa das marcas automóvel com maior crescimento na Europa. Nos primeiros oito meses de 2019, a nova marca entregou 17.100 automóveis, valor que representa um crescimento de 70% em relação ao período homólogo do ano anterior.

O CEO da CUPRA, Wayne Griffiths, sublinha alguns pontos deste sucesso: “O primeiro modelo CUPRA, o CUPRA Ateca, catapultou as vendas da marca com quase 7.500 unidades vendidas desde o seu lançamento no mercado. A nossa ofensiva europeia está a resultar e a prova disso mesmo está em França, onde duplicamos as vendas em 2019 face ao ano anterior”.

A CUPRA registou um crescimento de 166% em França, nos primeiros oito meses de 2019, assumindo-se como um dos cinco países com maior crescimento para a marca. A Alemanha continua a liderar os mercados principais da CUPRA com mais de 7.200 unidades vendidas, seguida pelo Reino Unido e Espanha. Por outro lado, a Suíça e a Áustria destacam-se por crescerem a três dígitos no decurso deste ano.

autonews.pt @ 4-10-2019 17:31:34