T-Log - Um camião “transformer” para transportar madeira ... autónomo e elétrico

Foi na semana passada que a Einride, uma startup sueca de tecnologia, revelou o seu produto mais recente: o T-log, um camião autónomo totalmente elétrico, uma versão ainda mais evoluída do modelo anterior da mesma empresa o T-pod – esta nova versão incorpora algumas capacidades off-road e é projetado de base para andar em estradas florestais ou similares.

autonews.pt @ 12-7-2018 17:25:49

O CEO da Einride, Robert Falck, disse a propósito deste novo produto: “A Einride está constantemente a fazer avançar as fronteiras de veículos autónomos e totalmente elétricos dentro da nossa ambição de liderar a transição para um sistema de transporte sustentável. Com o T-log, criámos um veículo que pode suportar os rigores de um ambiente exigente. É um território desconhecido para nós, mas também um enorme mercado para AVs movidos a bateria ”.

Alimentado pela plataforma autónoma da Nvidia Drive, o T-log é capaz de conduzir sozinho no nível 4 da condução autónoma, ou seja em ambiente controlado. Não tem cabina de motorista, mas este veículo pode ser controlado remotamente por um operador humano, a centenas de quilómetros de distância, usando a tecnologia de segurança de operação remota da Phantom, que está preparada para fornecer telecomunicações robustas e de latência mínima, mesmo com 4G.


O fato de este camião não possuir cabine para motorista e passageiros, permite obter um veículo mais pequeno mas com maior capacidade de carga, maior flexibilidade, menores custos de produção, menores custos operacionais e consumo de energia otimizado, permitindo que o T-log seja alimentado somente com baterias, mesmo em ambientes mais difíceis.

Ligado a um software de mapeamento inteligente de percursos, e recorrendo também a dados de tráfego em tempo real, o T-log pode ajustar sua rota para evitar o congestionamento de transito mais à frente. Este veículo tem igualmente a capacidade de operar em frota combinada de veículos autónomos, otimizando o tempo de entrega, a duração da bateria e o consumo de energia, tornando o transporte o mais eficiente possível.


Não emitindo gases de efeito estufa ou óxidos de nitrogênio tóxicos, o T-log é uma alternativa ambientalmente e de saúde aos camiões movidos a diesel. Equipado com câmaras, sistema lidar e radares, ele tem uma perceção de 360 graus à sua volta - sem pontos cegos, sem ângulos mortos.

E neste atrevimento tecnológico, Robert Falck coloca o dedo na ferida sobre a qualificação ecológica do T-Log: “O transporte rodoviário pesado é responsável por uma parte substancial das emissões globais de CO2. Justifica-se procurar uma alternativa mais sustentável. O T-log elimina essas emissões inteiramente, substituindo diesel por eletricidade. A tecnologia progrediu para que isso aconteça”. A Einride espera introduzir o T-log em estradas públicas até 2020.

Caso queira ter uma ideia de como é que será este veículo a circular de forma autónoma, visualize o vídeo seguinte sobre o modelo anterior da Einride, o T-pod - até assusta pensar que no futuro vamos ter estes “transformers” na estrada a circular ao nosso lado.

autonews.pt @ 12-7-2018 17:25:49

Galeria de fotos