Vendas da SEAT crescem acima da média do mercado

A SEAT continua a bater recordes, tanto em Portugal como a nível internacional. Depois de cumprir o seu melhor trimestre da história, a marca mantém a tendência de subida consolidada: em abril, as vendas cresceram 44,6% no mercado nacional – enquanto o mercado de automóveis ligeiros nacional cresceu 13,8% no mesmo período.

autonews.pt @ 10-5-2018 16:40:12

No acumulado entre janeiro e abril de 2018, a SEAT Portugal registou um aumento de vendas de 29,1%, muito acima do crescimento de 7,6% do mercado de ligeiros de passageiros, totalizando 3457 viaturas entregues no mercado português (contra 2678 automóveis em 2017).

Em termos acumulados a nível global, a marca manteve igualmente um volume recorde e superou o maior valor de vendas da sua história (ano 2000: 181.300 veículos). No total, a marca vendeu 189.300 automóveis em todo o mundo, mais 19,3% do que no mesmo período de 2017 (158.700).

Os responsáveis da marca estão naturalmente satisfeitos com este desempenho, como o vice-presidente Comercial da SEAT, Wayne Griffiths, que sublinhou: “Na Europa, estamos a crescer claramente acima da tendência do mercado e, para lá das fronteiras europeias, a subida ainda é maior, graças à evolução tão positiva na Argélia. A estratégia de globalização da SEAT já está a dar resultados. Ao mesmo tempo, continuamos a inovar com novos projetos, como a plataforma de eCommerce que criámos para o arranque das vendas na Noruega. Este projeto servirá de incubadora para o desenvolvimento de soluções para os restantes mercados”.

No primeiro quadrimestre do ano, a Alemanha, Espanha e Reino Unido foram, juntamente com a Argélia, os quatro países com maior crescimento em volume de veículos face a igual período de 2017. Espanha, o maior mercado da SEAT, subiu 15,9% e soma um total de 39.200 automóveis vendidos, seguindo-se a Alemanha (35.300; +19,0%) e o Reino Unido (23.700; +13,8%).

Na Europa Oriental, as vendas da SEAT dispararam 22,8% em abril, para um total de 12.700 veículos entregues, graças ao impulso de países como a República Checa (3.100; +16,4%), Eslováquia (1.800; +150,3%) e Eslovénia (1.000; +26,7%).

Fora do continente europeu, o crescimento é ainda maior e a SEAT atinge uma subida de 24,8% para um total de 28.300 veículos. O resultado mais impressionante registou-se na Argélia, que, com 10.000 veículos entregues, multiplica por 10 o resultado do período homólogo de 2017.

autonews.pt @ 10-5-2018 16:40:12