Audi com crescimento de vendas nos primeiros meses do ano

No mês de abril de 2018 a Audi entregou cerca de 160.900, correspondendo a um crescimento de homólogo de 3,1%. 

autonews.pt @ 10-5-2018 16:35:13

Na totalidade do mercado Audi a nível mundial, foram entregues 624.650 unidades em todos os modelos entre janeiro e abril de 2018, correspondendo a um aumento de 8,0%, um novo record no segmento Premium de viaturas automóvel, mas com diferentes situações de performance nos vários continentes.

Contribuíram fortemente para esta variação positiva o desempenho acima da média da marca na América do Norte (+ 7,5%) e China (+ 33,5%) e outras regiões. Apenas no seu mercado doméstico, a Europa, se verificou uma variação negativa de 4,6% no total de unidades disponibilizadas nos primeiros quatro meses do ano.

A acompanhar a forte variação no mercado chinês, Bram Schot, membro do conselho de vendas e marketing da Audi, sublinha que "o desafiador mercado chinês é o pioneiro da digitalização e mobilidade elétrica. Aqui ainda temos muito potencial inexplorado ”e confirmando a vontade da marca em aprofundar a sua quota de mercado: "até 2022, vamos duplicar a nossa gama de modelos produzidos localmente e construiremos quatro modelos com baterias elétricas".

Na China, a marca com os quatro anéis apresentou as versões de longa distância entre eixos do Audi Q5 e A8 no Salão de Pequim. O SUV será lançado no mercado chinês no verão. Até ao momento, o desportivo off-roader tem sido um importante impulsionador de crescimento para a Audi na China, sendo responsável por cerca de um quinto das vendas da Audi neste mercado sendo que o A8 é igualmente outro dos pilares das vendas da marca.

No segundo maior mercado asiático, o Japão, a Audi viu as suas vendas crescerem 3,6% nos primeiros 4 meses do ano e no mercado coreano a marca parece estar a sair do anterior momento de estagnação de vendas.

No mercado europeu, onde a marca não teve um desempenho favorável, as entregas em abril caíram 4,1%, para cerca de 72.550 carros. A queda nas vendas verificou-se também em grandes mercados como a Alemanha (-5,4%, para 26.696 carros) e França (-12,7% a 5.238 carros). Em contraponto, as vendas na Itália aumentaram 4,6%.

Os negócios dos quatro anéis na América do Norte mantiveram a sua tendência positiva: em abril, com vendas positivas em mais 13.9% e 4.108 carros entregues, sendo que abril proporcionou o melhor resultado mensal de sempre na história Audi no Canadá e confirmou 28 meses de recorde consecutivo de vendas.

autonews.pt @ 10-5-2018 16:35:13